Polícia Ambiental apreende mais de 1,8 mil metros de redes armadas irregularmente nos rios do Peixe e Paranapanema


Fiscalização foi em Presidente Epitácio e em Teodoro Sampaio. Material foi recolhido e dois homens receberam advertências. Redes irregulares foram apreendidas em Presidente Epitácio e em Teodoro Sampaio
Polícia Ambiental
Durante fiscalização em Presidente Epitácio (SP) e Teodoro Sampaio (SP) nesta quarta-feira (17), a Polícia Militar Ambiental apreendeu 1.850 metros de redes de pesca irregulares.
Em Presidente Epitácio, a polícia recolheu 550 metros de redes que estavam armadas irregularmente no Rio do Peixe. Ainda foi feita a captura de sete quilos de peixes das espécies tucunaré, cascudo e piranha, que por estarem vivos foram devolvidos ao ambiente aquático.
As redes foram apreendidas.
Em Teodoro Sampaio, a fiscalização foi feita no Rio Paranapanema, onde a fiscalização recolheu 1.300 metros de redes de emalhar dispostas a menos de 150 metros de distância.
Redes irregulares foram apreendidas em Presidente Epitácio e em Teodoro Sampaio
Polícia Ambiental
A Polícia Ambiental identificou os infratores, sendo um homem de 54 anos, que é pescador profissional, e um homem, de 49 anos, pescador amador.
Os dois, conforme a fiscalização, estavam armando no ambiente aquático uma rede de 400 metros, com malha de 14 centímetros, a menos de 150 metros de outras redes. Como os envolvidos ainda não haviam capturado nenhum pescado, foram autuados na modalidade de advertência, sendo as redes apreendidas.
As outras redes, que totalizaram 900 metros, tinham plaquetas de identificação, mas os proprietários não estavam no local. Esse material também foi apreendido.
Redes irregulares foram apreendidas em Presidente Epitácio e em Teodoro Sampaio
Polícia Ambiental
Redes irregulares foram apreendidas em Presidente Epitácio e em Teodoro Sampaio
Polícia Ambiental
VÍDEOS: Tudo sobre a região de Presidente Prudente
Veja mais notícias em G1 Presidente Prudente e Região.