Toyota vai lançar ‘patinete’ elétrico em 2020 e quer virar empresa de mobilidade


Montadora está desenvolvendo uma linha de elétricos para curtas distâncias; G1 deu uma “voltinha” em veículo no Japão. Minicarro e puxador de cadeira de rodas também serão lançados. Toyota vai lançar seu “patinete” elétrico em 2020
Divulgação
A Toyota anunciou nesta terça-feira (22), no Japão, seu plano para se tornar uma empresa de mobilidade. Pensando em veículos para deslocamentos de curta distância, a marca vai lançar um tipo de patinete de 3 rodas em 2020, no mercado japonês, além do seu minicarro elétrico que leva apenas duas pessoas.
“Queremos oferecer modos de mobilidade segura para as pessoas utilizarem no dia a dia”, disse Akihiro Yanaka, chefe de planejamento de veículos elétricos da Toyota.
O público alvo desses veículos, chamados de BEV (sigla para battery electric vehicle, ou “veículo elétrico de bateria”, em português) serão principalmente jovens e pessoas mais velhas que precisam se movimentar poucos quilômetros por dia.
Toyota Ultra Concept BEV será lançado no Japão em 2020
Divulgação
Eles também têm a finalidade de ajudar na locomoção de pessoas com deficiência física ou dificuldades de locomoção.
Para 2021, a empresa promete mais dois veículos elétricos leves: uma versão do patinete elétrico com assento e um puxador elétrico que pode ser acoplado a uma cadeira de rodas.
A montadora diz que está se tornado uma empresa de mobilidade, não mais apenas uma empresa automotiva. Ainda dentro da sua linha de elétricos compactos, a Toyota tem o i-Road, que é um veículo misto dentre moto e carro, que possui 3 rodas.
Versão do veículo de mobilidade da Toyota com cadeira. Ele está planejado para 2021
Divulgação
‘Patinete’ de 3 rodas
Feito para rodar em áreas de pedestres, o futuro ‘patinete’ da Toyota é diferente daqueles compartilhados que existem no Brasil. Ele se parece mais como um segway, no qual o usuário vai em pé, e seu uso deve ser prioritário em monitoramento de shoppings e condomínios.
Suas dimensões são de 1.200 mm de altura, 700 mm de largura e 700 mm de comprimento. De acordo com a montadora, o veículo pode rodar 14 quilômetros com uma carga de bateria. Sua velocidade máxima é de 10 km/h e o tempo de recarga de 2,5 horas.
O modelo foi baseado no conceito I-Walk, apresentado no Salão de Tóquio de 2017. Além do patinete, a montadora terá, em 2021, um veículo similar com assento e um puxador para ser acoplado a cadeiras de roda.
Futura linha de veículos de mobilidade da Toyota
Divulgação
G1 deu uma ‘voltinha’
Na apresentação mundial dos novos veículos de mobilidade da Toyota nesta terça, o G1 deu uma pequena volta no “patinete” da Toyota. O veículo estava limitado a 6 km/h. Diferente dos tradicionais patinetes, o BEV não precisa de muita habilidade do condutor.
Com três rodas, ele é bem estável no chão, mas também perde um pouco em mobilidade comparado aos patinetes e é um pouco desajeitado em curvas. Realmente, é como se fosse um “andador elétrico”, um veículo para percorrer pequenas distâncias, e sem pressa.
G1 experimentou o “patinete” elétrico da Toyota nesta terça-feira (22), no Japão
Divulgação

Salão de Tóquio 2019: veja 20 modelos que serão destaques


Com tecnologias inovadoras, evento terá carros, motos e até um carro voador. G1 acompanha lançamentos direto de Tóquio. O Salão de Tóquio é conhecido por ser diferente dos outros grandes eventos automotivos, como o Salão de Frankfurt ou mesmo o Salão do Automóvel de São Paulo. Além dos carros, a feira exibe novidades do segmentos de motocicletas, novas tecnologias de mobilidade e robótica.
Na edição 2019, inclusive, o primeiro carro voador japonês será uma das atrações. Entre os modelos os modelos mais aguardados estão a nova geração do Honda Fit, o minicarro da Toyota e scooters elétricos de Yamaha e Honda.
Nos dias 23 e 24 de outubro, o salão terá as apresentações das marcas reservadas para a imprensa. O evento abre para público de 25 de outubro a 4 de novembro.
HONDA
Nova geração do Fit
A Honda reservou o Salão de Tóquio para a apresentação mundial da nova geração do Fit. Ainda não se sabe muitas informações sobre o carro, que foi flagrado em testes na Europa, mas grandes mudanças visuais devem vir.
Mas a montadora garantiu que o carro também manterá algumas características tradicionais, como o tanque de combustível em posição central, além do amplo espaço interno. Sua versão híbrida, que não é vendida no Brasil, também será renovada.
Honda Fit de nova geração em primeira imagem revelada
Divulgação
Moto ‘aventureira popular’
Em sua “casa”, a Honda não poderia deixar também de mostrar suas motocicletas. No salão japonês, a marca costuma apresentar vários produtos que são destinados apenas ao mercado local. Esse é o caso da CT125, um conceito baseado na clássica Super Cub, mas com estilo off-road.
Honda CT 125 é uma “aventureira popular”
Divulgação
Scooters elétricos
Com a eletrificação dos veículos crescendo também nas motos, a marca prepara dois scooters elétricos para apresentar no evento. Benly e e Gyro e dividem a mesma base, com a diferença na quantidade de rodas. O primeiro tem 2 rodas e o segundo 3 rodas, mas ambos com as mesmas características urbanas.
Honda Benly e
Divulgação
ADV 150
Além das motos inéditas, outros modelos, como o ADV 150 farão sua estreia no Japão. Ele foi lançado recentemente na Indonésia como uma variante do PCX 150 mais preparada para terrenos ruins. Inspiração veio do X-ADV, que tem motor de maior cilindrada.
Honda ADV 150
Honda/Divulgação
Nova Africa Twin
A principal aventureira da Honda na atualidade acabou de evoluir. Em nova geração, ela ganhou motor 1100 e chegou a 102 cavalos de potência. No Salão de Tóquio, ela fará sua estreia no mercado japonês.
Honda CRF 1100L Africa Twin
Divulgação
KAWASAKI
Nova moto ‘turbinada’
A Kawasaki somente revelou o nome de sua futura moto, a Z H2, e que será lançada no Salão de Tóquio. Mas daí vieram duas informações: ela será da linha naked (sem carenagens) da marca, que tem suas motos chamadas pela letra Z, e utilizará a base da H2. É esperado que o modelo tenha bastante potência graças ao sistema de compressor, inédito na categoria.
Kawasaki Z H2
Divulgação
MAZDA
Primeiro elétrico da marca
A montadora japonesa vai lançar o primeiro carro elétrico de produção em larga escala. Ele será um modelo feito do zero, ou seja, não utilizará a base de nenhum veículo atual da Mazda. Nenhuma imagem e nem mais detalhes ainda foram revelados.
MITSUBISHI
MI-Tech Concept
Revelando apenas uma imagem ainda escurecidas, a Mitsubishi promete apresentar o MI-Tech Concept em Tóquio. De acordo com a montadora, o modelo será um SUV híbrido e compacto; ele terá 4 motores elétricos e tração integral. Dá para perceber que o carro terá linhas bem futuristas e parece ser conversível.
Mitsubishi MI-Tech Concept
Divulgação
Super Height K-Wagon
Este conceito parece seguir bem a tradição dos “Kei Cars” japoneses, que são veículos com motorização limitada a 660 cc e que recebem cortes de tributos por isso. Com estilo quadrado, essa van compacta promete oferecer bastante espaço interno.
Mitsubishi Super Height K-Wagon
Divulgação
NISSAN
IMk concept
Movido 100% a energia elétrica, o minicarro da Nissan vai ser apresentado ainda como um conceito. A ideia em torno do projeto foi a de criar um carro funcional para rodar na cidade, e também foram empregadas as tecnologias mais recentes da montadora, como o sistema de assistência de condução ProPilot.
Nissan IMk Concept
Divulgação
O modelo tem 3.434 mm de comprimento, 1.412 mm de largura e 1.644 mm de altura.
Leaf e+
A Nissan vai mostrar em Tóquio uma nova versão do Leaf com capacidade expandida de autonomia. De acordo com a montadora, o modelo pode andar até 40% mais e chegar a 458 quilômetros com uma carga.
Nissan Leaf e+
Divulgação
TOYOTA
Ultra-Compact BEV
Com medidas que podem ser menores que a de uma moto, o Ultra-compact BEV é um dos destaques da Toyota no salão. Com apenas 2.490 mm de comprimento, o modelo leva apenas 2 pessoas e é movido à eletricidade.
Toyota Ultra Concept BEV
Divulgação
BEV para empresa
Em uma versão ainda mais conceitual, o minicarro da Toyota foi desenvolvido para levar apenas uma pessoa. Ele ainda pode virar um escritório e até mesmo local de descanso.
Toyota BEV para empresas
Divulgação
Mirai Concept
Veículo elétrico que utiliza hidrogênio como combustível para conseguir eletricidade, o Mirai terá um novo conceito no salão. De acordo com a montadora, o novo modelo antecipa a 2ª geração do carro, lançado originalmente em 2014. O modelo chega às lojas do Japão em 2020.
Toyota Mirai Concept
Divulgação
YAMAHA
E01
O E01 será um dos principais destaques da Yamaha em Tóquio. Prometendo “grande autonomia e sistema de recarga rápido, o scooter elétrico “anda como um 125 cc”, garante a fabricante.
Yamaha E01
Divulgação
E02
Como menor capacidade que o E01, o E02 é como uma “cinquentinha elétrica”, ou seja, possui desempenho similar ao de motos de 50 cc de cilindrada.
Yamaha E02
Divulgação
Land Link Concept
A fabricante também prepara um veículo autônomo que pode se deslocar em locais ao ar livre. Com 4 rodas, o Land Link Concept pode andar sozinho ou ser conduzido por controle remoto. Ainda não se sabe exatamente no que poderá ser utilizado, mas pode servir para carregar objetos.
Yamaha Land Link Concept
Divulgação
Nova R1
A renovada YZF-R1 também fará sua estreia no Japão durante o Salão de Tóquio. Na linha 2020, a esportiva ganhou novo visual, além de ter sua eletrônica aprimorada, com a chegada do gerenciamento de freio motor e controle de freio.
Nova Yamaha YZF-R1
Divulgação
Tritown
A Yamaha também vai apresentar uma vasta gama de veículos de mobilidade no Salão de Tóquio. O Tritown é um deles, trazendo a tecnologia de inclinação das rodas vista no Tricity e no Niken, o modelo foi desenvolvido para deslocamentos curtos na cidade.
Yamaha Tritown
Divulgação
EXTRA
Carro voador
Em uma área destinada a futuras tecnologias, chamada de Future Expo, o primeiro carro voador japonês também estará exposto. Produzido pela Nec Corp, o veículo já foi demonstrado em um teste de voo que durou 1 minuto.
Carro voador da Nec fez voo de um minuto nesta segunda-feira (5), em Abiko, no Japão
Koji Sasahara/AP