Conheça um seguro de carro que vale a pena usar até nos pequenos consertos

AutoEsporte deste domingo mostrou um novo serviço criado pela HDI Seguros e Autoglass que cobre reparos abaixo da franquia. Muita gente já viveu essa situação. O carro amassa em uma batida, mas não vale a pena acionar o seguro porque o valor da franquia é mais alto do que o conserto. Fica sempre a dúvida: o que fazer?
Agora, um novo serviço criado a partir de uma parceria da HDI Seguros com Autoglass cobre uma parte desse custo com reparos menores do que o valor da franquia, como mostrou o AutoEsporte deste domingo. Funciona assim: segurados da HDI podem procurar qualquer uma das unidades da Autoglass em todo o país. Existem duas modalidades de conserto: com ou sem a troca de peças danificadas.
Em casos sem a necessidade de trocar peças, o serviço incluirá funilaria e pintura e o segurado pagará apenas R$ 140. Esse valor é fixo, independente do tamanho do dano. Caso exista a necessidade de substituir a peça, o cliente arca com produto (ao preço praticado para as seguradoras) e também paga os R$ 140. É garantia de um serviço de alto padrão com valores muito abaixo do mercado.
Vale a pena? Muito. Vamos um exemplo: o reparo da tampa traseira e do para-choque traseiro de um SUV que na custaria cerca de R$ 1,2 mil na própria Autoglass sai por apenas R$ 140 para o segurado HDI. Uma economia de 83%. Ah, e isso não conta como um sinistro, ou seja, o motorista não perde o bônus na próxima renovação.
Para operacionalizar os consertos, a HDI escolheu a Autoglass pelo padrão de qualidade da empresa e por sua rede com 70 lojas próprias e mais de 1 mil oficinas credenciadas. Quer saber mais sobre essa parceria? Assista ao vídeo:
Parceria entre empresas cria descontos para reparos com valor abaixo do custo da franquia

Carro de luxo futurista com aparência de um modelo de 1900

A Mercedes-Benz apresentou seu novo carro conceito. O modelo reúne detalhes futuristas com um toque de carros antigos de luxo produzidos há cerca de 120 anos

*Estagiária do R7, sob supervisão de Pablo Marques

O Vision Mercedes Simplex é uma homenagem ao Mercedes Simplex, o primeiro carro da montadora alemã a receber o nome Mercedes, em 1901

O interior sofisticado e elegante tem espaço para apenas duas pessoas, um motorista e um passageiro. O Vision Simplex traz itens bem tecnológicos, mas segue as linhas do modelo original

A parte dianteira mantém o formato clássico, mas com detalhes em ouro rosé. Um display foi instalado no lugar das antigas grades do radiador, onde é exibido o logo da montadora

No modelo antigo, as rodas eram protegidas por uma carenagem e não chamavam muito a atenção. No novo modelo, as rodas ganharam destaque, sendo as dianteiras brancas e as traseiras pretas

O nome Simplex também foi mantido, denominação da Mercedes utilizava nos modelos de luxo produzidos entre os anos de 1902 e 1909

O diretor de design da fabricante alemã, Gorden Wagener, publicou as fotos do veículo em sua conta no Instagram. Ele também pousou ao lado do modelo antigo e do novo 

Wagener também compartilhou uma foto do piloto Lewis Hamilton conhecendo o novo carro. Apesar da divulgação, não há planos para que o Vision Simplex seja produzido e, por enquanto, é apenas uma homenagem