Mega-Sena, concurso 2.303: veja as dezenas sorteadas


As dezenas sorteadas foram: 03 – 07 – 17 – 20 – 48 – 50. Prêmio pode chegar a R$ 50 milhões. Aposta única da Mega-Sena custa R$ 4,50 e apostas podem ser feitas até às 19h
Marcelo Brandt/G1
A Caixa fez neste sábado (26) em São Paulo o sorteio do concurso 2.303 da Mega Sena. As dezenas sorteadas foram as seguintes: 03 – 07 – 17 – 20 – 48 – 50. O prêmio está estimado em R$ 50 milhçoes.
Para apostar na Mega-Sena
As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília), em qualquer lotérica do país ou pela internet, no site da Caixa Econômica Federal – acessível por celular, computador ou outros dispositivos. É necessário fazer um cadastro, ser maior de idade (18 anos ou mais) e preencher o número do cartão de crédito.
Probabilidades
A probabilidade de vencer em cada concurso varia de acordo com o número de dezenas jogadas e do tipo de aposta realizada. Para a aposta simples, com apenas seis dezenas, com preço de R$ 4,50, a probabilidade de ganhar o prêmio milionário é de 1 em 50.063.860, segundo a Caixa.
Já para uma aposta com 15 dezenas (limite máximo), com o preço de R$ 22.522,50, a probabilidade de acertar o prêmio é de 1 em 10.003, ainda segundo a Caixa.

Please enter banners and links.

Ministro da Educação diz que declarações sobre homossexuais foram tiradas de contexto e pede desculpas

Milton Ribeiro divulgou nota de esclarecimento após PGR pedir investigação contra ele por suposto crime de homofobia. O ministro da Educação, Milton Ribeiro, divulgou uma nota na noite deste sábado (26) afirmando que suas declarações sobre homossexuais foram tiradas de contexto e pedindo desculpas.
A nota de esclarecimento foi divulgada após a Procuradoria Geral da República (PGR) pedir, na sexta-feira (25), que o Supremo Tribunal Federal (STF) apure se o ministro cometeu crime de homofobia.
As declarações a serem apuradas foram feitas em entrevista ao jornal “O Estado de S. Paulo” divulgada na última quinta-feira (24). De acordo com a PGR, o ministro “fez afirmações ofensivas à dignidade do apontado grupo social”.
PGR pede inquérito para apurar homofobia de ministro da Educação
Na entrevista, o ministro da Educação foi questionado sobre educação sexual na sala de aula. Disse que era um tema importante para evitar gravidez precoce, mas que não era necessário discutir questões de gênero e homossexualidade.
“Acho que o adolescente que muitas vezes opta por andar no caminho do homossexualismo (sic), tem um contexto familiar muito próximo, basta fazer uma pesquisa. São famílias desajustadas, algumas, falta atenção do pai, falta atenção da mãe. Vejo menino de 12, 13 anos optando por ser gay, nunca esteve com uma mulher de fato, com um homem de fato, e caminhar por aí. São questões de valores e princípios.”
Na nota deste sábado, Ribeiro disse que jamais pretendeu discriminar ou incentivar a discriminação e registrou suas “sinceras desculpas”.
Leia a íntegra da nota
Nota de esclarecimento
Quanto à reportagem veiculada no jornal “O Estado de São Paulo”, venho esclarecer que minha fala foi interpretada de modo descontextualizado.
Jamais pretendi discriminar ou incentivar qualquer forma de discriminação em razão de orientação sexual.
Ademais, trechos da fala, retirados de seu contexto e com omissões parciais, passaram a ser reproduzidos nas mídias sociais, agravando interpretação equivocada e modificando o real sentido daquilo que se pretendeu expressar.
Por fim, nesta oportunidade, diante de meus valores cristãos, registro minhas sinceras desculpas àqueles que se sentiram ofendidos e afirmo meu respeito a todo cidadão brasileiro, qual seja sua orientação sexual, posição política ou religiosa.
MILTON RIBEIRO
MINISTRO DE ESTADO DA EDUCAÇÃO

Please enter banners and links.