Comissão Especial divulga lista de candidatos a reitor e vice da UFU


Três chapas vão concorrer à consulta eleitoral que vai orientar a elaboração das listas tríplices enviadas ao Ministério da Educação; veja o nome e membros de cada uma. As normas para aplicação de sanções e recursos também foram publicadas. Universidade Federal de Uberlândia (UFU)
Bárbara Almeida/G1
A Comissão Especial responsável pela coordenação da eleição para reitor e vice-reitor da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) divulgou nesta quinta-feira (13), as três chapas que concorrerão ao pleito. Na quarta-feira (12), as normas para aplicação de sanções e recursos junto à organização do processo também foram publicadas.
Em 2020, a consulta eleitoral ocorrerá no dia 17 de setembro e será totalmente on-line devido à pandemia de Covid-19. O resultado subsidia o Conselho Universitário (Consun), na elaboração das listas tríplices que serão enviadas ao Ministério da Educação (MEC) para as nomeações aos cargos para a gestão 2020/2024. (Veja mais abaixo).
Candidatos
De acordo com a Comissão Especial, três chapas se inscreveram durante o período de inscrição, finalizado nesta quarta-feira. Para ter a candidatura validada, todos os concorrentes tiveram que comprovar a intenção de desincompatibilização temporária dos cargos administrativos, licença temporária ou férias, ou seja, todos deverão se afastar dos cargos que ocupam na universidade por pelo menos 30 dias antes da eleição.
Os candidatos também apresentaram o programa de trabalho, currículos e declaração de aceitação dos termos da resolução específica que regulamenta a consulta. Veja os candidatos segundo a ordem alfabética das chapas.
ComUnidade UFU
Reitor: Helvecio Damis de Oliveira Cunha (Faculdade de Direito)
Vice-reitora: Marineia Crosara de Resende (Instituto de Psicologia)
UFU para Todos
Reitor: Valder Steffen Júnior (Faculdade de Engenharia Mecânica)
Vice-reitor: Carlos Henrique Martins da Silva (Faculdade de Medicina)
uFUTURO
Reitor: Dennys Garcia Xavier (Instituto de Filosofia)
Vice-reitora: Efigênia Aparecida Maciel de Freitas (Faculdade de Medicina)
Portaria
A Comissão Especial também publicou, nesta quarta-feira, uma portaria que regulamenta a aplicação de sanções e recursos. Segundo o documento, a violação de qualquer artigo da Resolução 4/2020 do Consun e normas complementares praticadas pelos candidatos ou por integrante da comunidade universitária serão consideradas penalidades.
As sanções variam de advertências por escrito, até suspensão da campanha por 72 horas e impugnação da candidatura.
Já os recursos apresentados contra as decisões da Comissão Especial e a aplicação de sanções devem ser feitos pelo Sistema Eletrônico de Informações (Sei), endereçadas ao presidente do Conselho Universitário. No entanto, a aceitação do recurso será julgada pela comissão. Caso o recurso não seja revisto, ele será avaliado pelo Consun.
Eleição
A consulta eleitoral eletrônica para reitor e vice-reitor da UFU foi definida pelo Conselho Universitário no dia 23 de julho. O primeiro turno do pleito ocorrerá no dia 17 de setembro, das 10h às 23h59.
Caso necessário, o segundo turno será no dia 24 do mesmo mês. Os eleitores tem até o dia 2 de setembro para regularizarem os e-mails institucionais e ficarem aptos a votar.
Devido à pandemia de Covid-19, a votação será on-line, utilizando o “Sistema de Votação On-line Helios Voting”. O sistema foi adaptado pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) para este tipo de eleição. Parte da comissão deverá ir até a sede da UFSC, pois a apuração ocorrerá na instituição do sul do Brasil.
No início de agosto, a Comissão Especial que organiza o pleito definiu a data para as inscrições. Nesta quinta-feira (13), as candidaturas foram apresentadas.

Please enter banners and links.

‘Fortnite’ é excluído da loja da Apple e Epic vai à Justiça em briga por pagamento

Apple diz que a Epic Games, desenvolvedora de ‘Fortnite’, burlou as regras do iOS ao criar um sistema de pagamento próprio dentro do jogo. Em resposta, empresa entrou com medida cautelar. A Apple excluiu nesta quinta-feira (13) o jogo “Fortnite” da App Store, alegando que sua desenvolvedora, a Epic Games, infringiu as regras de pagamento da sua loja de aplicativos.
A ação da Apple foi tomada após a Epic Games criar um sistema interno de pagamento no jogo, um dos mais populares do mundo, driblando o mecanismo da App Store.
Em resposta, a Epic Games entrou com uma medida cautelar contra a Apple na Justiça da Califórnia. O documento foi divulgado publicamente, e cita práticas “anti-competitivas” e “monopolistas” da Apple.

Please enter banners and links.