EUA aprova novo medicamento para Transtorno do Desejo Sexual Hipoativo em mulheres

Na sexta-feira (21) foi aprovado pela Administração de Alimentos e Remédios dos Estados Unidos (FDA – sigla em inglês), um novo medicamento para mulheres que sofrem com a perda do desejo sexual.

De acordo com a agência americana, o remédio, intitulado de “Vyleesi” (bremelanotide), deve ser usado pelo menos 45 minutos antes da relação sexual, para tratar o Transtorno do Desejo Sexual Hipoativo (TDSH) – disfunção que inibe a vontade de fazer sexo -, indicado para mulheres na pré-menopausa.

A comercialização do medicamento será pela farmacêutica AMAG Pharmaceuticals. A FDA informou que os efeitos colaterais presentes no Vyleesi, são: dor de cabeça, vômitos, náuseas, e pressão arterial – o que faz ser contraindicado para mulheres com pressão alta ou com doenças cardiovasculares.