Dora Toiá abre parceria com Ronaldo Bastos em álbum com canção dos irmãos Lô Borges e Marcio Borges


♪ Canção apresentada em 2002 na voz de Milton Nascimento, Quem sabe isso quer dizer amor – joia da obra dos irmãos mineiros Lô Borges e Marcio Borges – ganha registro fonográfica de Dora Toiá.
A gravação figura entre as dez músicas de Sim, eu te amo, segundo álbum dessa cantora, compositora e violonista fluminense nascida em Nova Friburgo (RJ), mas desde os 17 anos na cidade do Rio de Janeiro.
Coincidentemente, a artista também apresenta no disco uma parceria inédita com Ronaldo Bastos, poeta niteroiense associado ao Clube da Esquina. Bastos assina os versos de Um canto na estrada aberta, música que tem melodia de Dora Toiá e Vytória Rudan.
A propósito, Dora e Vytória são parceiras na composição de Agora, de Cantinho – música também creditada a Eugenio Dale e a Fernando Caneca – e da música-título Sim, eu te amo.
O álbum Sim, eu te amo foi gravado com produção musical de Rodrigo Vidal, também responsável pela mixagem. O repertório inclui regravação do fado Canção do mar (Ferrer Trindade e Frederico de Brito, 1955), apresentado na voz de Amália Rodrigues (1920 – 1999) com o título de Solidão na trilha sonora do filme Os amantes do Tejo (1955).
Capa do álbum ‘Sim, eu te amo’, de Dora Toiá
Leo Aversa