Corpo de humorista Rodela é enterrado em São Paulo


Luiz Carlos Ribeiro morreu vítima de Covid-19, aos 66 anos, na quarta-feira (2). Ele estava internado no Hospital Geral de Guarulhos há duas semanas. Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo
Lourival Ribeiro/SBT
O corpo do humorista Luiz Carlos Ribeiro, conhecido popularmente como Rodela, foi enterrado na manhã desta quinta-feira (3). A família não informou o local de sepultamento. Não houve velório por medida de segurança. Rodela morreu de Covid-19 na quarta-feira (2) em São Paulo. As informações foram confirmadas pela assessoria de imprensa do SBT.
Ele estava internado havia duas semanas no Hospital Geral de Guarulhos, na Grande São Paulo. Segundo a assessoria da emissora, o diagnóstico para Covid-19 foi confirmado na terça-feira (1).
“É com pesar que o SBT lamenta o falecimento do humorista Luiz Carlos Ribeiro, mais conhecido como Rodela, nesta quarta-feira, 02 de dezembro. Nesta terça-feira, 01, foi confirmado seu diagnóstico para Covid-19. No início desta noite, foi submetido a hemodiálise e sofreu paradas cardíacas, vindo a falecer […] O SBT presta solidariedade e deseja que Deus conforte sua família”, diz a nota.
Humorista Luiz Carlos Ribeiro, o Rodela, em foto de arquivo
Gabriel Cardoso/SBT
Artista de rua de São Paulo, Rodela era conhecido pela habilidade de fazer inúmeras caretas. Ele ganhou fama na TV ao participar de programas de auditório.
Sua primeira aparição na TV foi no programa Show de Variedades, em 1992, fazendo performances de comédia. Participou posteriormente de diversos programas de humor, tendo destaque no programa Ratinho Livre, da TV Record, em 1997.
No ano seguinte, com a ida de Ratinho para o SBT, Rodela integra o elenco do Programa do Ratinho, onde permanece por vários anos. Rodela também participou de A Praça é Nossa, tendo feito diversos quadros. Posteriormente, esteve no programa Show do Tom, também na Record.
VÍDEOS: Tudo sobre São Paulo e Região Metropolitana
o