Advogado de Britney Spears diz que a tutela foi encerrada e questiona quanto Jamie Spears retirou do patrimônio da cantora


Mathew Rogart concedeu uma entrevista logo após a juíza Brenda Penny colocar um fim da tutela da cantora. Ele disse que caberá à Britney decidir se seguirá investigando o pai ou não. O advogado de Britney Spears, Mathew Rogart, concedeu uma entrevista pouco tempo depois da juíza Brenda Penny, em Los Angeles, decidir que a estrela pop estava livre da tutela do pai após 13 anos.
Rosengart disse que ainda restam muitas perguntas em torno de Jamie Spears, pai da princesa do pop. Porém, a decisão de avançar ou não com essa investigação caberá à Britney.
“A partir de hoje, com efeito imediato, a tutela foi encerrada. Tanto para a pessoa quanto para o patrimônio”, informou.
Matthew Rosengart, advogado de Britney Spears, fala após audiência em que ficou determinada o fim da tutela de Jamie Spears sobre a filha
Reuters/Mario Anzuoni
“Uma das maiores questões que questionamos em nome da Britney é: quanto de dinheiro você retirou do patrimônio?”, comentou o advogado. Ele disse que, no entanto, a defesa de Jamie Spears se recusou a responder essa pergunta.
O processo foi encerrado na última sexta-feira (12). Com isso, a cantora norte-americana voltou a ter controle sobre a sua vida, carreira e finanças.
Perguntas e respostas: entenda a tutela e o movimento ‘Free Britney’
‘Framing Britney Spears’ no Globoplay: documentário ampliou movimento #FreeBritney contra tutela do pai
Debate: teremos uma volta triunfal da princesa do pop?
Suspensão da tutela
Jamie Spears e Britney Spears
AP Foto
Jamie Spears foi suspenso da posição de tutor da filha em setembro. Ele já havia desistido do “cargo”, mas sua saída estava prevista para acontecer só na audiência sobre o caso que estava marcada para janeiro de 2022.
No entanto, a defesa da cantora pediu à justiça dos EUA para acelerar o fim da tutela, e foi atendida pela juíza Brenda Penny. O contador John Zabel substituiu imediatamente Jamie Spears no papel de tutor.
‘Só quero minha vida de volta’
Em depoimento em junho, a cantora classificou a decisão judicial que permitia que sei pai continuasse no controle sobre sua vida como abusiva, idiota e constrangedora.
Em uma participação de 23 minutos, a estrela disse que foi drogada, forçada a atuar contra sua vontade e impedida de ter filhos.
“Eu só quero minha vida de volta”, disse ela, por telefone, ao pedir ao tribunal o fim de sua tutela. Ouça abaixo:
Ouça depoimento de Britney Spears, que luta pelo fim de sua tutela, à Justiça americana
FOTOS: a reação dos fãs da cantora quando suspensão da tutela foi anunciada