1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual do governo de SP começa na terça


De 1º a 30 de setembro serão exibidos 33 filmes de 21 países na plataforma online do governo #culturaemcasa. Governo destaca ‘diplomacia’ junto a consulados para concretizar projeto. Governo do estado anunciou 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual
Governo do Estado de São Paulo/Divulgação
O governo do estado anunciou nesta sexta-feira (28) a 1ª Mostra Internacional de Cinema Virtual de São Paulo. Um total de 33 filmes, de 21 países, será exibido gratuitamente na plataforma #culturaemcasa ao longo de todo o mês de setembro.
A partir de terça-feira (1º) serão exibidos 22 longas de ficção, dois curtas de animação e nove documentários em duas sessões por dia, uma às 19h e outra às 22h, todas gratuitas, até 30 de setembro.
O serviço é fruto de uma parceria dos consulados com as secretarias estaduais de cultura e relações internacionais. “Realmente estamos produzindo algo que é um acontecimento em termos culturais e em termos diplomáticos, de relação diplomática de São Paulo com esses países”, disse o secretário estadual de Cultura, Sérgio Sá Leitão.
Entre os destaques, o governo indica Hindi Medium, uma sátira à sociedade indiana dividida em castas, protagonizado por Irrfan Khan, morto em abril deste ano, e famoso por Quem Quer Ser um Milionário e as Aventuras de Pi, e o drama italiano Dafne, de Federico Bondi, que conta a busca pela independência de uma jovem com Síndrome de Down. Confira toda a programação no site do governo.
O programa faz parte da campanha #culturaemcasa, lançada pelo governo em março, no início da pandemia do coronavírus, para disponibilização de conteúdo online em um trabalho conjunto com as organizações sociais (OSs), que fazem a gestão de espaços culturais, corpos artísticos, programas e eventos.
Desde então, os museus, bibliotecas, teatros, auditórios e centros culturais foram convocados a realizar curadoria de seus conteúdos para veiculação online de shows de música, espetáculos, visitas virtuais, palestras e ebooks.
Museu de Arte Sacra dos Jesuítas pode ser visitado sem sair de casa