Zé Nigro anuncia ‘Apocalip se’ para setembro


Single ‘Gorjeios’ abre alas para o álbum em que o produtor e músico se lança como cantor e compositor. ♪ Produtor musical, arranjador e multi-instrumentista associado primordialmente ao toque do baixo, Zé Nigro anuncia carreira solo como cantor e compositor após ser nome recorrente nas fichas técnicas de discos feitos na cena indie paulistana por artistas como Anelis Assumpção, Bárbara Eugenia, Curumin e Saulo Duarte.
Gorjeios – single que aporta nos aplicativos de música nesta quinta-feira, 12 de agosto, em edição do selo Ziji Music – abre alas para o primeiro álbum de Zé Nigro, Apocalip se, programado para 23 de setembro.
O álbum Apocalip se foi gravado entre fevereiro de 2020 e abril deste ano de 2021 no estúdio Navegantes, na cidade de São Paulo (SP), com inéditas músicas autorais como Gorjeios.
Batizada com o nome de poema de Manoel de Barros (1916 – 2014), a composição eleita para ser o primeiro single do álbum é parceria de Zé Nigro com a poeta Eveline Sin. A letra imagina conversa entre pássaros.
Aliás, cantos de pássaros pontuam a narrativa do álbum Apocalip se. Zé Nigro sampleou cantos de pássaros, recolhidos de discos antigos, garimpados pelo artista em sebos ao longo dos últimos anos.
Para o álbum Apocalip se, a música Gorjeios foi formatada com a marcação da bateria de Thomas Harres, o sopro da flauta de Fernando Bastos e a orquestra sintetizada por Dustan Gallas.
Além de cantar, Zé Nigro toca piano, baixo, Wurlitzer, sintetizadores e percussão no single Gorjeios, cuja capa é criação de Micaela Wernicke.