Zé Geraldo se reencontra com o violeiro Francis Rosa em álbum anunciado por single com Xangai


♪ “Era uma vez um poeta nascido em solo mineiro / Caminhando pela vida, cruzou com um violeiro / Um completou o outro, feito a casa e o terreiro / Plantando e colhendo amor / Saíram do interior pra correr o mundo inteiro”.
Declamados pelo cantador e violeiro baiano Xangai, antes de serem cantados pelo mineiro Zé Geraldo com o paulista Francis Rosa, os versos iniciais da música O poeta e o violeiro traçam a rota autobiográfica em que se cruzam os caminhos artísticos de Zé e Francis.
Em rotação na próxima sexta-feira, 24 de junho, o single dos artistas com Xangai anuncia e batiza o álbum também intitulado O poeta e o violeiro.
Previsto para ser lançado em outubro pela gravadora Sol do Meio Dia, inclusive nos formatos de LP e CD, o álbum O poeta e o violeiro marca o reencontro fonográfico de Zé Geraldo e Francis Rosa.
Os artistas já haviam se juntado em Cantos e versos (2018), álbum gravado ao vivo em março de 2016, em show apresentado pela dupla em Vinhedo (SP), e lançado dois anos depois em CD e DVD.
Além de Zé Geraldo (voz), Francis Rosa (voz, viola caipira e baixo) e Xangai (declamação dos versos iniciais), o single O poeta e o violeiro tem os toques dos músicos Daniel Blando (sanfona), João Lima (percussão) e Rafael Schimidt (violão de nylon) na gravação feita com produção musical de Francis Rosa. Os vocais são de Bia Tucci, Helena Badari, Nô Stopa e Tata Fernandes.
Outros dois singles ainda serão lançados por Zé Geraldo e Francis Rosa antes da edição do álbum O poeta e o violeiro em outubro.
Capa do single ‘O poeta e o violeiro’, de Zé Geraldo & Francis Rosa com participação de Xangai
Daniel de Moura Pereira