Voz do Amapá, Oneide Bastos grava álbum produzido com arranjos de Dante Ozzetti


♪ Voz do Amapá, a cantora e compositora Oneide Bastos – nascida em Macapá (AP) em 8 de fevereiro de 1946 – completa 75 anos de vida em 2021 já com comemoração à vista. A artista vai gravar álbum com produção musical e arranjos do músico paulistano Dante Ozzetti.
Por ora intitulado Oneide Bastos – 60 anos de canto amazônico, o disco terá músicas de autoria de Oneide e de outros compositores ligados ao universo sonoro do norte do Brasil.
Em cena profissionalmente desde 1977, a cantora amapaense – que se caracteriza orgulhosamente como cabocla Tucuju, em referência à etnia indígena associada à região norte – começou a carreira como integrante do grupo Seono, no qual permaneceu até 1982.
Após integrar outros grupos (como Trio da Terra, o quarteto Clave de Sol e o Sonora Brasil) e um coral (o Vozes do Amapá), Oneide Bastos lançou o primeiro álbum solo, Mururé, em 1994. O último, Quando bate o tambor, foi editado em 2013 e – coerente com a trajetória da artista – foi pautado por ritmos da Amazônia.