Voz de Domiguinhos ecoa em duo inédito com Zeca Baleiro no álbum ‘Serranias’


Encontro virtual dos artistas na música ‘Menino Angola’ é destaque de disco do sanfoneiro mineiro Theo Lustosa. ♪ Em 2004, Dominguinhos (1941 – 2013) registrou a música Menino Angola, parceria do sanfoneiro mineiro Theo Lustosa com Paulinho Motta. Arquivada sem ser lançada, a gravação acabou perdida, tendo sido encontrada em 2019, quando já tinham decorridos 15 anos após o registro fonográfico.
A partir dessa gravação original de 2004, o produtor musical Paul Ralphes convidou o cantor Zeca Baleiro para pôr voz na mesma música, viabilizando inédito dueto virtual com Dominguinhos.
O dueto de Dominguinhos e Baleiro em Menino Angola é o chamariz para Serranias, álbum que Theo Lustosa lança na sexta-feira, 8 de janeiro.
Menino Angola é a única faixa do disco produzida por Paul Ralphes. As demais foram produzidas pelo próprio Theo Lustosa.
Capa do álbum ‘Serranias’, de Theo Lustosa
Divulgação
Com repertório inteiramente autoral, o álbum Serranias foi idealizado por Lustosa para promover a conexão musical entre as serras de Minas Gerais e as serras do nordeste do Brasil, erguendo ponte sonora que liga, por exemplo, a Serra do Curral em Belo Horizonte (MG) à Serra do Araripe, situada próxima de Exu (PE), terra de Luiz Gonzaga (1912 – 1989). Ou a Serra do Espinhaço, que corta Minas Gerais e Bahia, à região do Planalto da Borborema, também conhecida como Serra da Borborema, que abarca o sertão do nordeste onde está Garanhuns (PE), cidade de Dominguinhos.
Para pavimentar essas pontes imaginárias, o sanfoneiro Theo Lustosa convocou para o disco convidados como os conterrâneos Maurício Tizumba, Bárbara Barcellos e Serginho Marques, presentes nas gravações das músicas É de Dadá, Lilith e Floresta, respectivamente, três parcerias de Lustosa com Paulinho Motta.
Bárbara Barcellos também figura no disco como parceira e convidada de Lustosa em Apurinã. Vocalista do Trio Potiguá, grupo de forró do Rio Grande do Norte, Severo Gomes participa de Viva o amor, outra composição de Theo Lustosa com Paulinho Motta.