Voz da extinta Banda Uó, Mel expande discografia solo com músicas de João Donato e Rita Lee


Cantora goiana lança single com regravação de ‘Mutante’, sucesso apresentado há 40 anos. ♪ Foi com o nome artístico de Candy Mel que a cantora goiana Mel Gonçalves de Oliveira foi revelada no universo pop brasileiro em 2010 como vocalista da Banda Uó.
Candy Mel virou somente Mel na carreira solo iniciada em outubro de 2020, dois anos após o fim da banda, com a edição do single A partir de hoje, no qual apresentou música autoral formatada no ritmo do zouk love, com produção musical de Felipe Cordeiro, Leo D, Nelson D e Patrick Torquato.
Um ano depois desse single inicial e sete meses após um segundo single (Sou como eu quiser, gravado pela artista com o DJ PatrickTor4 e lançado em fevereiro), Mel expande a discografia solo com abordagens de sucessos alheios.
Para outubro, a cantora planeja lançar single com regravação de Emoriô (1975), música de João Donato e Gilberto Gil.
Contudo, o primeiro single da série de regravações de Mel é Mutante e chega ao mundo digital nesta quarta-feira, 8 de setembro, em edição do selo Let’s Gig, com capa que expõe Mel em foto de Ivon Erick.
Mel aborda a música de Rita Lee e Roberto de Carvalho – apresentada na voz de Rita há 40 anos no álbum Saúde (1981) – com produção musical orquestrada pelo duo Deep Leaks.
Com os toques dos músicos Éder Araújo (flauta), Gustavo Koshikumo (violão, guitarra e programação) e Juliano Parreira (baixo, teclados e programação), Mel canta Mutante em clima de bossa havaiana, como se estivesse em luau à beira-mar.