Voz da cena gay gaúcha, Madblush promove ‘CPI’ para anunciar o EP ‘Livre’


♪ A CPI chegou aos aplicativos de música. Não a Comissão Parlamentar de Inquérito aberta em abril para investigar ações e omissões do governo federal ao longo da pandemia de covid-19, mas a música inédita composta por Madblush, gravada com produção musical do artista e lançada em single disponibilizado na sexta-feira, 20 de agosto.
“Preciso de um CPI / Pra provar que a vida aqui / Tá muito estranha, sim / … / Quero falar / Quero gritar / Quero quebrar”, brada Madblush, cantor, compositor, DJ e produtor musical que está há 14 anos na pista da música eletrônica, transitando por gêneros como trap, funk e rap.
Madblush é o codinome artístico de Rodolfo Mello, gaúcho que entrou em 2007 na cena gay de Porto Alegre (RS), inicialmente como Blush, nome herdado do trabalho anterior como drag queen.
Desde 2010 com o nome de Madblush, o artista já tem álbum na discografia – Cactus (2018), lançado há três anos – e se prepara para lançar o EP Livre até o fim deste segundo semestre de 2021 através do selo Lab 344.
Single que pega o gancho da situação política do Brasil em 2021 para expor percepções de Madblush em relação a padrões e rótulos sociais, CPI abre os trabalhos promocionais do EP Livre e – na discografia do artista – sucede singles como Enlouquecer, Isolados e Então pare!, apresentados pelo cantor ao longo de 2020.
Capa do single ‘CPI’, de Madblush
Divulgação