Volkswagen antecipa volta de funcionários em layoff e retoma 2° turno na fábrica de Taubaté


Empresa afirma que demandas adicionais do mercado interno e da Argentina pesaram na medida. Volkswagen em Taubaté
Simone Gonçalves/G1
A Volkswagen antecipou para esta segunda-feira (27) o retorno de funcionários que estavam com contratos temporariamente suspensos (layoff). Com isso, a empresa retoma a produção no segundo turno.
Segundo o Sindicato dos Metalúrgicos, cerca de 1,1 mil trabalhadores do segundo turno voltam ao trabalho nesta segunda. Outros 1,8 mil já voltaram ao trabalho no início de junho, após paralisação das atividades em março por causa da pandemia.
Volkswagen antecipa volta de funcionários em layoff e retoma 2° turno na fábrica de Taubaté
Volkswagen/Divulgação
Os funcionários que retornam nesta segunda estavam em layoff desde o fim de maio e o programa poderia durar até cinco meses. Apesar disso, a montadora antecipou o retorno devido ao aumento na demanda do mercado interno e da Argentina.
Segundo a Volkswagen, o segundo turno funcionará por período determinado, até dezembro de 2020.
O Sindicato dos Metalúrgicos afirmou que irá acompanhar o retorno dos trabalhadores às atividades para garantir que não haja riscos de contaminação de Covid-19 na fábrica.
Os cuidados adotados na fábrica desde a retomada foram os seguintes:
Distanciamento de 1,5 m entre as pessoas,
Obrigatório o uso de máscaras nas dependências das fábricas;
Limpeza periódica das dependências das fábricas e escritórios e reforço na desinfecção dos ambientes;
Medição de temperatura dos empregados antes de ingressar no ônibus fretado e na fábrica;
Aumento do número de ônibus fretado para garantir o distanciamento das pessoas;
Nos refeitórios uso de luvas para servir-se e demarcação de assentos;
Postos avançados de atendimento médico dentro das fábricas para orientação, triagem e atendimento mais rápido de todos.