Vitor Kley faz ‘Sino de Belém’ bater em cadência pop em single de álbum natalino


‘Titã’ Sérgio Britto também está no disco com gravação de ‘Boas festas’ em ritmo de samba. ♪ Nunca o Sino de Belém bateu em cadência tão pop e com tão pouco sentimento de Natal. Versão em português da mundialmente conhecida canção natalina Jingle bells (James Pierpont, 1857), Sino de Belém ganha a voz do cantor Vitor Kley.
Lançado nesta quarta-feira, 2 de dezembro, o single Sino de Belém de Kley integra álbum intitulado Natal pop e criado pelo produtor musical Rick Bonadio para rebobinar sucessos do cancioneiro natalino e apresentar músicas inéditas do gênero nas vozes de artistas da gravadora Midas Music.
Se Vitor Kley enfraquece Sino de Belém, versão em português escrita pelo compositor carioca Evaldo Ruy (1913 – 1954) e apresentada ao Brasil em dezembro de 1941 em disco de 78 rotações do cantor paulista João Dias (1927 – 1996), o titã Sérgio Britto dilui a tristeza de Boas festas (1933) ao reapresentar a canção do compositor Assis Valente (1911 – 1958) na cadência do samba.
A cantora Vicka também integra a fornada inicial de singles do álbum Natal pop com gravação da canção inédita Nada igual ao Natal.
O álbum Natal pop incluirá gravações ainda inéditas de artistas como Duo Avesso (Natal todo dia), De Maria (O amor não cansa), Sarah Renata (Pode ser melhor) e Thathi (Novo Natal).
Capa do single ‘Boas festas’, de Sérgio Britto
Divulgação