‘Veteranos’ do Enem em São Carlos acham prova parecida com as dos anos anteriores: ‘Não vi diferença’


Tema da redação e alta abstenção chamaram atenção dos primeiros candidatos a deixar o local de prova. Leticia Martins Aquino, de 28 anos, de São Carlos achou a prova bem parecida com as anteriores
Raquel Baes/G1
Os primeiros candidatos a saírem de um dos locais do Enem em São Carlos (SP), neste domingo (21), já são veteranos no exame e não encontraram muitas diferenças na prova desse ano em comparação aos anos anteriores.
A auxiliar de dentista Leticia Martins Aquino, de 28 anos, há alguns anos busca uma vaga em fisioterapia e achou a prova bem parecida com as anteriores.
“Todos os anos eu estou prestando para tentar conseguir bolsa, desconto e até mesmo ingressar no curso superior. Não vi diferença na prova. Como de costume, o Enem é bem cansativo, tem que ter muito preparo. A única reclamação que eu tenho é o espaço nas cadeiras, além de ser cansativo, o espaço da prova é muito desconfortável”, disse.
LEIA MAIS:
‘Admirável Gado Novo’, racismo, erotização da mulher e o que mais caiu na prova, segundo professores
Redação do Enem 2021 trata de registro civil e cidadãos invisíveis; professores elogiam relevância do tema
Após passar no Encceja este ano, doméstica de 51 anos presta o Enem pela primeira vez em São Carlos: “Recomeçar a vida”
“Quantidade de pessoas foi bem menor”, observa funcionário de faculdade que trabalha no Enem em São Carlos
Enem: Estudantes chegam com a família ao local de prova: “É a força que a gente tem”
Paulo Henrique de Lima, de 29 anos, achou a prova bem parecida com os outros que fez.
Raquel Baes/G1
O gerente Paulo Henrique de Lima, de 29 anos, achou a prova bem parecida com os outros que fez.
“Já tenho duas graduações, estou no quarto ou quinto Enem. Desta vez quero fazer Pedagogia. Achei o equilíbrio dos últimos anos, bem parecido. Esse ano, achei o tema da redação um pouco mais complicado, mais chatinho”, analisou.
O que chamou a atenção dele foi a abstenção na prova: “Metade da sala estava ausente, faltou bastante gente”, disse.
Rodrigo Henrique Campi fez o Enem pela 5ª vez em São Carlos
Raquel Baes/G1
O analisa PCP Rodrigo Henrique Campi, que prestou o quinto Enem, dessa vez em busca de uma segunda graduação, também percebeu a grande quantidade de faltosos: “Senti que bastante gente não veio, bastante abstenção”, disse.
A única diferença que ele percebeu na prova foi o tema da redação. “Foi uma surpresa para mim. Foi um tema muito diferente do que a gente estava passando. Covid, recuperação econômica, não foi nada disso, foi um tema até normal do cotidiano”, disse.
Michel Fernando Luis, de 26 anos, desistiu da prova em São Carlos e não fez todas as questões, nem a redação
Raquel Baes/G1
Já o operador de manufatura Michel Fernando Luis, de 26 anos, já é formado e desistiu de fazer a prova, deixando o local de prova assim que a saída foi liberada, às 15h30.
“Não creio que trabalharam diferente esta prova. Li só as perguntas de linguagem, achei muito complicado e difícil de entender, foi um dos motivos que me levou à desistência, porque já não estava conseguindo interpretar para responder as questões, gerou um desgaste emocional e acabei desistindo. O tema da redação também era difícil, sobre registro civil, e não sabia o que falar sobre isso”, contou.
Veja mais notícias da região no g1 São Carlos e Araraquara.