Versão para PCD do Volkswagen T-Cross perde rodas de liga leve, central multimídia e até emblema na linha 2021


Preço, sem isenções, foi mantido em R$ 69.990. Equipamentos agora são vendidos como opcionais. Volkswagen T-Cross Sense
Divulgação/Volkswagen
Carro mais vendido do Brasil no último mês de julho, o T-Cross teve a linha 2021 recém-lançada. Nesta quinta-feira (27), a Volkswagen divulgou detalhes da versão Sense, destinada a pessoas com deficiência (PCD).
Guia PCD: veja quem pode comprar e qual é o passo a passo
Em julho, ela representou 70% das vendas do SUV. O preço, de R$ 69.990 (antes das isenções) foi mantido. Mas o carro perdeu equipamentos na linha 2021.
Agora, o T-Cross Sense não conta mais com rodas de liga leve e central multimídia. Até mesmo os emblemas com a motorização, 200 TSI, foram retirados da lista de itens de série.
T-Cross Sense 2021 perdeu o nome da motorização na tampa do porta-malas
Divulgação
Ainda assim, o modelo manteve os 6 airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, direção elétrica, ar-condicionado, vidros elétricos nas quatro portas, travas elétricas e retrovisores externos elétricos.
Alguns dos itens retirados são oferecidos em pacotes opcionais. Veja abaixo:
Essential: tampão do porta-malas, jogo de tapetes, soleira de alumínio e sensor de ré;
Tech: emblema 200 TSI na tampa do porta-malas, central multimídia com conexões Android Auto e Apple CarPlay e câmera de ré;
Style: rodas de 16 polegadas com parafuso antifurto e capas dos parafusos das rodas.
O T-Cross Sense traz motor 1.0 turbo de até 128 cavalos de potência e câmbio automático de 6 marchas.
Volkswagen T-Cross Sense
Divulgação/Volkswagen