Veneza registra inundação fora de época no fim de semana


A Praça de São Marcos, no centro da cidade italiana, costuma se encher durante o outono e inverno no hemisfério norte, em um fenômeno conhecido como ‘acqua alta’. VÍDEO: Veneza registra inundação fora da temporada
A cidade de Veneza, na Itália, registrou no fim de semana uma inundação incomum para a temporada de verão. A Praça de São Marcos chegou a ficar debaixo d’água na noite deste domingo (8).
A cidade costuma se encher durante o outono e inverno no hemisfério norte, a partir de setembro, em um fenômeno conhecido no país como acqua alta, água alta em italiano.
Mesmo com a maré alta fazendo parte da vida da cidade, o fenômeno tem se tornado cada vez mais intenso, e está, segundo especialistas, ligado às mudanças climáticas.
LEIA TAMBÉM:
Mudanças recentes no clima causadas pelo homem não têm precedentes, aponta relatório da ONU
Mudanças do clima: as previsões do IPCC para a América do Sul
Veneza pode parar na lista de patrimônios mundiais ameaçados se não abandonar cruzeiros, diz Unesco
Turistas aproveitam maré incomum no verão de Veneza, na Itália, em 8 de agosto de 2021
Manuel Silvestri/Reuters
No sábado (7), em alguns pontos da cidade, a água cobriu até 1 metro, segundo informações das autoridades locais.
Apesar do fenômeno ter forçado o fechamento de bares e restaurantes ao redor da principal praça da cidade, turistas aproveitaram para fazer fotos com a água na altura das canelas.
Turistas com água na altura das canelas na Praça de São Marcos, em Veneza, em 8 de agosto de 2021
Manuel Silvestri/Reuters
Em 2019, a cidade foi afetada por uma série de fortes inundações – que provocaram o fechamento de pontos turísticos e geraram prejuízos para hotéis e restaurantes.
O governo italiano chegou a decretar um estado de emergência na cidade por causa das marés altas excepcionais, e disponibilizou cerca de 20 milhões de euros para a recuperação de danos.
Homem fecha restaurante por conta da acqua alta em Veneza, em 8 de agosto de 2021
Manuel Silvestri/Reuters