Venda de discos do Van Halen cresce 7.600%


Músicas da banda passaram de 1 milhão de execuções em plataformas digitais para 7,8 milhões em quatro dias. Guitarrista e fundador do grupo, Eddie Van Halen, morreu nesta terça-feira (6). Eddie Van Halen toca o acorde final de ‘Jump’ durante show do Van Halen no Continental Airlines Arena, em East Rutherford, em junho de 2004
John Munson/NJ Advance Media via AP/AP
As vendas de discos do Van Halen cresceram 7.600% entre segunda (5) e quinta-feira (8), de acordo com a revista “Rolling Stone”.
Um dos fundadores da banda, o lendário guitarrista Eddie Van Halen, morreu nesta terça-feira (6) após longa batalha contra um câncer.
Além da venda de álbuns, as músicas também passaram a ser mais buscadas. Canções do grupo foram de 1 milhão de execuções em plataformas digitais para 7,8 milhões no mesmo período.
Relembre 5 solos marcantes de Eddie Van Halen
Entre os discos de estúdio, os mais vendidos foram “1984”, que apresentou um crescimento de 9.235%, e “Van Halen”, cujas vendas aumentaram em 7.650%, segundo a empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação Alpha Data.
Coletâneas de maiores sucessos, como “Best of Volume 1” e “The Best of Both Worlds” também foram muito procurados, com crescimentos de 11.700% e 10.700% respectivamente.