Usuários verificados do Twitter fazem ‘pegadinhas’ com posts fakes sobre ‘BBB’


Contas com selo azul de credibilidade fingem ser perfis oficiais de Lucas Penteado, Ana Maria Braga, Big Brother Brasil e outros para tentar enganar usuários. Em um mundo paralelo de pegadinhas e posts falsos no Twitter, o BBB é visto de forma diferente. Kéfera Buchmann teria entrado na vaga deixada por Lucas Penteado, que teria negado com rispidez uma amizade alardeada por Karol Conká. Tudo isso é fake.
É comum também ver uma Ana Maria Braga falsa dizendo que não quer ir ao famoso café da manhã da eliminação, no “Mais Você”, quando a rejeição ao participante é muito alta.
Os perfis que publicaram esses tipos de tuítes (veja três abaixo) são influenciadores com contas verificadas pelo Twitter, com o selo azul que dá credibilidade a elas.

Reprodução/Twitter
Em todos os casos, funciona assim:
O influenciador com conta “verificada” muda foto e nome;
Fingindo ser outra conta, o perfil tuíta algo;
Pessoas são enganadas e dão RT ou like;
Algumas se divertem com a “pegadinha”;
Outros denunciam o tuíte por ser “abusivo” ou a conta por “estar fingindo ser outra”.
O falso Lucas
O caso mais recente aconteceu na noite da eliminação de Karol Conká, na terça-feira (23). Na conversa com Tiago Leifert, após a saída da casa, ela disse que era amiga de Lucas Penteado.
Um tuíte com um xingamento, atribuído ao ex-BBB, negava a amizade, mas na verdade era do influenciador digital Gustavo Rocha. Ele tem 1,6 milhão de seguidores no Twitter e o tuíte fake teve mais de 90 mil retuítes.
A mensagem fake enganou vários fãs de BBB que interagiram com a publicação. O post falso chegou até Lucas, que lamentou:
Initial plugin text
Gustavo Rocha respondeu: “Lucas, não tive a intenção de ofender ninguém e peço perdão pelo ocorrido. Foi uma brincadeira de mau gosto, porque no fim as pessoas realmente acharam que era você. Não pensei na hora. Não quero prejudicar ninguém, jamais.”
Lucas também foi citado em outro tuíte falso, que dizia que Kéfera (cotada para o BBB21) entraria no lugar dele.
O autor foi o roteirista e influenciador Rodolpho Rodrigo (o Rod Pocket). Ele fingiu ser o perfil oficial do Big Brother Brasil. Logo após o tuíte viralizar, ele trocou a imagem e o nome para os originais.
Ana Maria, é você?
Outros usuários verificados do Twitter costumam fazer piadas com Ana Maria Braga. Foi o caso do youtuber Caio Pericinoto.
O tuíte que escreveu fingindo ser a apresentadora dizia que “Se bater 1000 likes nesse tweet, amanhã eu peço pra Globo colocar a Tv Globinho no horário do meu programa!”. A mensagem passou dos 300 mil likes.
Na noite desta quarta-feira (24), Ana Maria escreveu sobre esses tuítes falsos: “Há quem diga que vivemos numa era de pós verdade. É inegável que você já recebeu (e talvez até já acreditou e repassou) fake news.”
Initial plugin text
O G1 entrou em contato com os donos de todos os perfis citados, mas não teve respostas até a última atualização deste texto.
O que diz o Twitter?
Procurado pelo G1, o Twitter não respondeu aos questionamentos sobre os tuítes fakes e o porquê de eles continuarem sendo postados, sem que contas sejam bloqueadas.
A rede social explicou que existe uma “política de falsa identidade do Twitter” e que “qualquer pessoa pode fazer uma denúncia de possível falsa identidade”.
Segundo essa política, “a falsa identidade é uma violação das Regras do Twitter”. “As contas do Twitter que se apresentam como outra pessoa, marca ou organização de maneira confusa ou enganosa poderão ser permanentemente suspensas de acordo com a política de falsa identidade do Twitter”.
O Twitter não monitora ativamente o conteúdo dos usuários, mas aceita reclamações de falsa identidade mediante o recebimento de denúncias.
VÍDEOS: Semana Pop explica BBB