Unicamp divulga aprovados no vestibular 2020, via Enem e das vagas olímpicas; veja listas

Universidade de Campinas convocou 2,5 mil estudantes na modalidade tradicional, 639 pelo desempenho no Exame Nacional do Ensino Médio e 93 por meio do processo de vagas olímpicas. A Unicamp antecipou nesta quarta-feira (5) a divulgação das listas de aprovados – o anúncio estava previsto para o dia 10 de fevereiro. Foram convocados 2.585 estudantes pelos resultados do vestibular 2020, outros 639 por meio da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e mais 93 vagas via processo de vagas olímpicas. Confira abaixo:
Convocados no vestibular tradicional
Chamados por desempenho via Enem
Convocados vagas olímpicas
Os candidatos aprovados na primeira chamada devem fazer a matrícula não presencial, entre as 9h desta quinta-feira (6) até às 17h do dia 11 de fevereiro, exclusivamente pela internet, na página da Comvest, com número de inscrição e senha. Os estudantes que não realizarem o procedimento ficam excluídos da modalidade que foram convocados.
A segunda chamada de todas as modalidades será divulgada no dia 13 de fevereiro e a matrícula para os convocados desta lista deverá ser realizada no dia 14 de fevereiro. As notas dos candidatos do Vestibular 2020 na segunda fase estarão disponíveis a partir do dia 13 de fevereiro.
O candidato convocado em duas listas (em primeira ou segunda opção) pode optar por uma das modalidades no momento da inscrição, mas isso significa a exclusão na outra. A medida está prevista no edital do processo seletivo.
Segunda opção
Os candidatos convocados para o curso escolhido como segunda opção devem realizar a matrícula pela internet e, optar ou não, por aguardar uma possível vaga para o curso de primeira opção (remanejamento).
Candidatos de segunda opção que não fizerem a matrícula pela internet perderão a vaga (segunda opção), mas continuarão concorrendo ao curso de primeira opção, podendo, assim, serem convocados nas próximas chamadas, de acordo com os critérios de classificação.
Vestibular 2020
A disputa por uma das 2.585 vagas por meio do sistema tradicional de seleção contou com 12,1 mil candidatos na 2ª fase – dos 13,5 mil classificados, 1,4 mil deixaram de fazer as provas gerais e específicas direcionadas conforme a carreira escolhida.
Neste ano, os exames foram aplicados em 17 municípios paulistas, além de Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Curitiba (PR), Fortaleza (CE) e Salvador (BA).
Enem
A Unicamp recebeu 17,3 mil inscrições para as 639 vagas oferecidas em cursos de graduação que usam como critério de seleção a nota obtida pelo candidato na realização do Enem 2019 ou em 2018. É a segunda vez em que a universidade estadual realiza este tipo de modalidade de seleção.
Os 10 cursos mais concorridos via Enem:
Medicina (integral) – 293,5 candidatos por vaga (c/v)
Arquitetura e urbanismo (noturno) – 100 c/v
Comunicação social – Midialogia (integral) – 56,5 c/v
Ciências biológicas (integral) – 54,8 c/v
Ciência da computação (noturno) – 51,4 c/v
Enfermagem (integral) – 47,6 c/v
Ciências econômicas (noturno) – 43,5 c/v
História (integral) – 41,1c/v
Farmácia (integral) – 39,3 c/v
Odontologia (integral) – 31,7 c/v
A Unicamp
Fundada em 1966, a universidade estadual conta com 34 mil alunos matriculados em cursos de graduação e programas de pós-graduação, segundo o site oficial. Os três campi, localizados nas cidades de Campinas, Limeira e Piracicaba, compreendem 24 unidades de ensino e pesquisa.
Veja mais notícias da região no G1 Campinas