Unicamp 2022 em memes: estudantes brincam com ‘lacração’ e dificuldade da 1ª fase


Exame neste domingo (7) deixou o nome da universidade entre os mais comentados nas redes sociais. Prova abordou direitos LGBTQIA+, feminismo, terraplanismo, entre outros. Meme sobre o vestibular da Unicamp
Reprodução / Rede Social
Passada (ou não) a tensão com a prova da 1ª fase do vestibular da Unicamp, aplicada pela universidade neste domingo (7), candidatos correram pra internet para resumir em memes a impressão que tiveram sobre o exame. O nome da universidade ficou entre os assuntos mais comentados nas redes sociais.
O que caiu? Cringe, cloroquina e discurso do Coringa… veja temas cobrados
Veja como foi a cobertura em tempo real da prova
De skate a meditação: FOTOS mostram dia de prova em Campinas
Primeira fase teve a menor abstenção em 8 anos
Além daqueles que brincaram com o fato de terem considerado as questões muito difíceis e não terem se saído tão bem assim, também foi pauta para os internautas o que chamaram de “lacração” – gíria utilizada quando alguém manda bem em comentários, especialmente aqueles engajados em alguma causa.
A Unicamp abordou na prova questões atuais relacionadas ao movimento feminista, aos direitos da comunidade LGBTQIA+, além de trazer perguntas relacionadas à desinformação, terraplanismo, entre outros.
Sobre a utilização de temas da utilidade, a professora Maria Rodrigues de Sousa Mendonça, coordenadora acadêmica do exame, disse em coletiva após a prova que esta é uma tradição do vestibular da Unicamp.
“A nossa prova, como em outros momentos também, manteve a tradição de abordar temas contemporâneos, que interessam ao debate social, pela ótica de diferentes disciplinas. Então nos tivemos, por exemplo, temas como a memória indígena, a questão do refúgio à vacina, o preço atual da gasolina, o caso do encalho do navio lá no Canal de Suez, que chega a ser quase um caso anedótico, alguns empregos essenciais ou não na pandemia, os biomas, efeito ou não da hidroxicloroquina, história da África, noção de governo e estado. Então nós pegamos temáticas e assuntos que são abordados na escola, mas tentando ligar esses assuntos e essas temáticas a demandas sociais concretas”, disse.
Confira a seguir alguns dos posts bem-humorados sobre o exame:
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text
Conteúdo do exame
Nesta edição, o tempo para realizar a prova subiu de quatro para cinco horas. A composição teve o seguinte número de questões por matéria, cada uma delas com quatro alternativas:
12 de língua portuguesa e literatura;
12 de matemática;
8 de cada disciplina: biologia, física, geografia/sociologia, história/filosofia, inglês e química.
Dez cursos mais concorridos
medicina
arquitetura e urbanismo
ciência da computação
ciências biológicas
engenharia da computação
comunicação social – midialogia
farmácia
enfermagem
ciências econômicas
história
Calendário do vestibular
18/11: divulgação dos aprovados na prova de habilidades específicas em cursos de música;
13/12: publicação da lista de aprovados na 1ª fase, locais de prova da 2ª fase e notas de corte;
09 e 10/01/2022: aplicação de provas da 2ª fase;
13 a 15/01: provas de habilidades específicas para arquitetura e urbanismo, artes cênicas, artes visuais e dança;
14/02: divulgação da primeira chamada de aprovados no vestibular;
15 a 17/02: matrícula on-line dos aprovados em primeira chamada;
O calendário completo está disponível no site da Comvest.
Initial plugin text
VÍDEOS: tudo sobre Campinas e região
Veja mais notícias da região no g1 Campinas.