Unicamp 2021: comissão define novas datas para provas de 1ª e 2ª fase do vestibular; veja mudanças


Período de inscrições será aberto em 30 de julho e segue até 8 de setembro. Estudantes durante a 2ª fase do vestibular 2020 da Unicamp
Antoninho Perri/SEC Unicamp
A Unicamp definiu na tarde desta sexta-feira (10) as novas datas para as provas do vestibular 2021. De acordo com a comissão organizadora (Comvest), a 1ª fase será realizada nos dias 6 e 7 de janeiro, enquanto que a 2ª está marcada para os dias 7 e 8 de fevereiro. Além disso, a universidade divulgou que o período de inscrições será de 30 de julho a 8 de setembro, por meio da página oficial.
A mudança ocorre em virtude de reflexos provocados pela pandemia do novo coronavírus. A Unicamp chegou a divulgar um calendário oficial para o processo seletivo, com a 1ª fase marcada para 22 de novembro, mas decidiu alterar o planejamento diante da crise sanitária e optou por esperar o Ministério da Educação definir datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) antes de alterar o calendário.
Ao contrário de anos anteriores, a 1ª fase do vestibular será realizada em dois dias para evitar aglomeração de candidatos. A divisão depende do curso escolhido pelo estudante, diz a Comvest:
06/01: cursos do segmento de ciências humanas/artes e de exatas/tecnológicas
07/01: cursos das áreas de ciências biológicas/saúde
Comissão avalia como ‘pouco provável’ seleção via Enem após MEC marcar provas
Conteúdos
1ª fase
A universidade decidiu reduzir a lista de obras literárias obrigatórias e também diminuiu de 90 para 72 o total de questões na 1ª fase. Com isso, o tempo máximo de prova passa de cinco para quatro horas.
Para cada dia de aplicação haverá uma prova única para todos os candidatos das áreas daquela data. O exame é formado por 72 questões objetivas, distribuídas da seguinte forma:
12 questões de língua portuguesa e literatura;
12 questões de matemática;
8 questões de cada disciplina: biologia, física, geografia/sociologia, história/filosofia, inglês e química.
De acordo com a Comvest, nesta etapa também haverá mudança na logística: o total de municípios paulistas com aplicação da prova subirá de 31 para 33, com a inclusão de Barueri (SP) e Fernandópolis (SP), com objetivo de “evitar longos deslocamentos dos estudantes”.
Além disso, a universidade estadual manteve as aplicações dos exames nas cinco capitais fora de São Paulo: Salvador (BA), Curitiba (PR), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF) e Fortaleza (CE).
2ª fase
Esta fase do vestibular terá formato inalterado e, com isso, ela segue com questões dissertativas.
Unicamp: coronavírus e queixas fazem Comvest reduzir lista de livros
Unicamp 2021: veja dicas para estudar
Enem será adiado e enquete deve escolher datas entre 30 a 60 dias depois do previsto, diz Inep
Lista para o Vestibular Unicamp 2021
Sonetos escolhidos, de Camões;
Sobrevivendo no Inferno, do grupo Racionais Mc’s;
O Espelho, de Machado de Assis;
O Marinheiro, de Fernando Pessoa;
A Falência, de Júlia Lopes de Almeida;
O Ateneu, de Raul Pompeia;
Sermões, de Antonio Vieira.
*Foram excluídas desta edição as seguintes obras literárias: A teus pés; O seminário dos ratos; História do cerco de Lisboa; Quarto de despejo; A cabra vadia.
Coronavírus: como manter a saúde mental em períodos de isolamento?
Calendário oficial do Vestibular 2021 da Unicamp
Inscrições: 30/7 a 8/9/2020
1ª fase: 06/01/2021 e 07/01/2021
2ª fase: 07/02/2021 e 08/02/2021
Divulgação da primeira chamada: 10/03/2021
Matrícula (não presencial) da primeira chamada: a definir
Formas erradas e corretas de usar máscara de proteção contra o coronavírus
Arte/G1
Initial plugin text
Veja mais notícias da região no G1 Campinas.