UFJF prorroga suspensão das atividades presenciais até 30 de maio


Instituição seguiu recomendação do Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas. Calendário acadêmico de 2020 já havia sido suspenso. Campus em Juiz de Fora da Universidade Federal de Juiz de Fora
Carlos Mendonça/Prefeitura de Juiz de Fora
A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) prorrogou a suspensão das atividades acadêmicas e administrativas nos campi de Juiz de Fora e de Governador Valadares até o dia 30 de maio. A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira (28) e publicada em uma portaria.
De acordo com a UFJF, a decisão segue orientação do Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas sobre a Covid-19 da instituição. O prazo pode ser alterado a qualquer momento, de acordo com os novos dados sobre a evolução da doença.
O G1 mostrou que as atividades foram suspensas no dia 17 de março. No dia 18 do mesmo mês, o Conselho Superior da instituição aumentou o prazo por mais 15 dias. Já em abril, houve uma nova prorrogação, por mais 30 dias.
A UFJF também suspendeu o calendário acadêmico de 2020 por tempo indeterminado após o avanço do novo coronavírus. A informação foi publicada através da Resolução 023/2020 no dia 24 do mês passado.
Recomendação
Em uma reunião nesta quarta-feira (27), o Comitê de Monitoramento e Orientação de Condutas se reuniu para avaliar a tendência da epidemia e orientar a instituição sobre medidas a serem implementadas.
Na ocasião, o grupo recomendou à UFJF as seguintes medidas:
“Intensifique dentro das possibilidades acadêmicas, jurídicas e financeiras a parceria entre a UFJF e os municípios de Juiz de Fora e Governador Valadares, no sentido de viabilizar as ações que possibilitem o enfrentamento da COVID-19, tais como: participação em comitês de assessoramento, produção e doação de insumos, realização de pesquisas; capacitação e treinamento de equipes; produção de material educativos, realização de testes diagnósticos”;
“Mantenha as medidas de distanciamento social, contribuindo com as ações municipais e estaduais de cuidado e prevenção, no sentido de reduzir a exposição de trabalhadores e estudantes da Universidade aos riscos de contaminação”;
“Permaneça com a suspensão de suas atividades prevista na Resolução Consu nº 10/2020 até o dia 30 de maio”.
O grupo se reúne periodicamente com o intuito de discutir os possíveis avanços e definir orientações de acordo com o cenário local.
Initial plugin text