Ubirany, do grupo Fundo de Quintal, morre aos 80 anos: veja repercussão


Músico estava internado em um hospital do Rio de Janeiro após ser diagnosticado com Covid-19. Ubirany – Fundo de Quintal
Marcelo Lacerda/PCR
Famosos usaram as redes sociais para lamentar a morte de Ubirany, integrante do grupo Fundo de Quintal. O músico estava internado em hospital do Rio de Janeiro após ser diagnosticado com Covid-19.
Ubirany foi o responsável por introduzir o repique de mão no mundo do samba, instrumento que ficou identificado ao Fundo de Quintal, conjunto musical que ajudou a fundar na década de 1970.
Zeca Pagodinho, cantor
“Vamos nos lembrar dele assim: sorrindo. Um dos nomes mais importantes da história do samba, Ubirany nos deixou hoje, mais uma vítima dessa horrível pandemia da Covid19. Nossos sentimentos mais profundos para o grupo Fundo de Quintal, seus amigos, familiares e a toda a comunidade do samba que hoje está em luto. Descanse em paz, mestre! Muito obrigado por tudo.”
Initial plugin text
Arlindinho, cantor
“Aprendi muito do que é o samba com você, mestre. A dor tá grande. O samba ficará enternamente de luto. Descanse em paz.”
Initial plugin text
Maria Rita, cantora
“Que descanse em luz, na certeza que cumpriu uma lindíssima missão nesse plano.”
Initial plugin text
Teresa Cristina, cantora
“Ubirany, o maior dos maiores. Inventor do repique de mão, peça fundamental em qualquer roda de samba. Um verdadeiro gentleman. Sempre sorridente, educado, doce, simpático com todos que cruzavam seu caminho. Esse vírus terrível leva embora um pedaço do subúrbio carioca. Que tristeza! Descanse em paz, Mestre.”
Initial plugin text
Leo Russo, cantor
“Deus o guarde Ubirany do Grupo Fundo de Quintal! Um dos meus grupos favoritos desde sempre! Descanse em paz! Que Deus conforte o coração da família.”
Initial plugin text
Fernando Melette, músico do grupo Clareou
“Meu Deus que perda ! Que tristeza pra todos nós.”
Grupo Casuarina
“Que dia triste…perdemos hoje um dos maiores artistas que esse país já viu. Pioneiro, genial, visionário…são muitos os adjetivos pra falar do mestre Ubirany. Mais um gigante brasileiro que esse vírus leva. Aos professores do Grupo Fundo de Quintal, fica nossa força, nossa solidariedade e a certeza de que Ubirany e vocês escreveram uma história linda, que jamais será apagada, porque a chama é forte demais. É raiz, é tradição, é cultura popular. Aos pés da Tamarineira, esse sonho de vocês se espalhou e fez o nosso Brasil tão castigado, ser um pouco mais feliz. Te amamos pra sempre Mestre, bom descanso. O que você fez pelo nosso país, nunca será esquecido.”
Initial plugin text
Thaís Macedo, cantora
Initial plugin text