Turistas são multados em mais de R$ 18 mil por levarem areia da praia na Itália


Penalidades foram aplicadas a 41 visitantes que retiraram total de 100 kg de areia, conchas e pedras de praias na ilha da Sardenha; alguns tentaram vender “lembranças” pela internet. Multas variam de 500 a 3 mil euros. Turistas na praia de Chia, na ilha de Sardenha, na Itália, em foto de 29 de junho de 2019
AP Photo/Karl A.Ritter
Dezenas de turistas terão que pagar caro por suas lembranças das praias imaculadas da Sardenha.
Segundo a imprensa italiana, a polícia alfandegária da ilha mediterrânea emitiu multas de até 3 mil euros (cerca de R$ 18.400) para 41 pessoas que nos últimos dias tentaram deixar a ilha com um total de 100 kg de areia, conchas e pedras de praia.
A agência de notícias LaPresse disse que, em alguns casos, os turistas colocaram as recordações da praia à venda na Internet, alimentando um mercado ilícito e florescente para esses souvenirs, incluindo em áreas de resort chiques ao longo da Costa Esmeralda da ilha italiana.
Sacos de areia, conchas e pedras foram apreendidos nos aeroportos e portos da Sardenha, de acordo com uma lei regional de 2017 que estabeleceu multas que variam de 500 euros (R$ 3 mil) a 3 mil euros. A areia apreendida foi devolvida pelas autoridades às praias, quando possível.
A lei visa prevenir o efeito cumulativo da remoção de areia e conchas pelos milhões de turistas que visitam todos os anos a a ilha mediterrânea, que é conhecida por seus longos trechos de praias de areia branca.
Vídeos: Os mais assistidos do G1 nos últimos 7 dias