Trabalhadores do setor de eventos fazem protesto em Manaus pelo retorno das atividades


Categoria reclama que atividades como bares e restaurantes voltaram a abrir no Amazonas, mas festas e eventos ainda não podem ser realizados, segundo decreto. Trabalhadores do setor de eventos protestam em Manaus
Trabalhadores do setor de eventos fizeram uma manifestação pedindo o retorno das atividades na manhã desta segunda-feira (19). O ato aconteceu em frente à sede do Governo do Estado, na Zona Oeste de Manaus.
Segundo o presidente da Associação Amazonense das Empresas e Profissionais de Eventos (AAMEPE), Fúlvio Porto, o grupo não entende a liberação de atividades como bares e restaurantes, enquanto a realização de eventos permanece proibida.
Trabalhadores do setor de eventos fazem protesto em Manaus
Matheus Castro/G1
“Não é justo liberar bares e restaurantes e a gente não pode voltar. Eles fazem praticamente a mesma coisa que a gente. Eles também fazem festa. E a gente também está cobrando um auxílio. Se existe esse impedimento, por que o governo não nos dá um auxílio?”, questionou o dirigente.
A organizadora de eventos Cristiane Silva também cobrou um posicionamento do estado. Segundo ela, diversos segmentos ligados ao setor estão parados desde dezembro e lutam para sobreviver.
“Eu, para fazer um evento mínimo de 50 pessoas, preciso, em primeiro lugar, dos cozinheiros, garçons, ajudantes, recepcionistas, fotógrafos, floristas, do pessoal da gráfica. Ou seja, é muita gente afetada, sem trabalhar, e o prejuízo é grande. E fora que ainda vamos precisar reorganizar toda a nossa agenda”, explicou.
O grupo chegou a fechar parte da Avenida Brasil durante o protesto. Eles receberam apoio de motoristas que passavam pelo local, buzinando em sinal de concordância.
Em nota, o governo do estado informou que uma comissão formada pelos manifestantes foram recebidos pela Casa Civil do Estado e que as solicitações apresentadas durante a reunião serão levadas ao Comitê de Enfrentamento à Covid-19 e discutida pelo colegiado.
Manifestantes reivindicam encontro com governador para discutir retorno das atividades em Manaus
Matheus Castro/G1
Vídeos mais assistidos do G1 Amazonas