‘Time’ inclui líder talibã, Biden, Xi e Modi e deixa Bolsonaro de fora da lista dos 100 mais influentes do mundo


Edição de 2021 tem apenas um nome do Brasil: a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza. Ela está na categoria ‘titãs’ ao lado da ginasta Simone Biles e do CEO da Apple, Tim Cook. O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, participa de cerimônia no Palácio do Planalto
ANTONIO MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO
A revista “Time” deixou o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, de fora da lista das 100 pessoas mais influentes do mundo em 2021 divulgada nesta quarta-feira (15).
No ano passado, Bolsonaro e o influenciador digital Felipe Neto estavam na lista. O presidente também estava na seleção de 2019.
Na edição deste ano, há apenas um nome do Brasil: a empresária Luiza Trajano, do Magazine Luiza, na categoria “titãs”.
A lista da “Time” é dividida em seis categorias: ícones, pioneiros, titãs, artistas, líderes e inovadores. Bolsonaro esteve nos últimos dois anos em “líderes”, que inclui políticos do mundo inteiro.
Em 2021, a revista destacou nomes como os presidentes dos Estados Unidos, Joe Biden, e da China, Xi Jinping, e os primeiro-ministros de Israel, Naftali Bennett, e da Índia, Narendra Modi, além de Abdul Ghani Baradar, um dos líderes do Talibã.
Nas outras cinco categorias, a “Time” destaca personalidades como:
Ícones: Príncipe Harry e Meghan Markle, a tenista Naomi Osaka e a cantora Britney Spears;
Pioneiros(as): Billie Eilish e Adar Poonawalla
Titãs: a ginasta Simone Billes, Tim Cook (CEO da Apple) e Luiza Trajano
Artistas: Kate Winslet, Chloé Zhao, Lil Nas X
Inovadores: Elon Musk (criador da Tesla) e Jensen Huang
Veja aqui a lista completa
VÍDEOS: as últimas notícias internacionais