Tim Drake, o 3º Robin dos quadrinhos da DC, assume ser bissexual


Na sexta edição da série de HQs ‘Batman: Urban Legends’, ajudante do Batman aceita sair em encontro com amigo. Tim Drake e Bernard Dowd em momento da sexta edição de ‘Batman: Urban Legends’
Reprodução/DC Comics
Tim Drake, a terceira pessoa a assumir a identidade de Robin nos quadrinhos da DC, assumiu ser bissexual em uma história publicada nesta terça-feira (10).
Na sexta edição da série “Batman: Urban Legends”, o ajudante do Batman tem uma epifania enquanto enfrenta inimigos ao lado de um amigo, Bernard Dowd.
“As pessoas ficam me perguntando o que eu quero. Mas eu não conseguia compreender. Seja lá o que fosse. Sempre pareceu um pouco além do meu alcance. Até agora”, pensa o personagem.
Pouco depois, ao visitar o amigo, aceita sair em um encontro com ele.
Initial plugin text
“Eu queria pagar tributo ao fato que a sexualidade é uma jornada”, afirmou a roteirista da série, Meghan Fitzmartin, em entrevista ao site Polygon.
“Para ser bem clara, os sentimentos dele por Stephanie (Brown) são/foram 100% reais, assim como seus sentimentos por Bernard. No entanto, Tim ainda está se descobrindo. Não acho que ele tenha a linguagem para tudo ainda.”
Criado em 1989, Drake foi o terceiro personagem a assumir a identidade de Robin, um dos ajudantes do Batman. Ele chegou a namorar Stephanie Brown, que foi por um breve tempo a quarta Robin.
A versão mais conhecida do Garoto Prodígio ainda é Dick Grayson, o primeiro Robin, criado em 1940. Atualmente, o cargo também é ocupado por Damien Wayne, filho de Bruce Wayne, que estrela a série em quadrinhos “Robin”, publicada nos Estados Unidos.