Thiago Pethit insere poética erótica de Baco Exu do Blues na lírica marginal de ‘Romeo’


Cantor acerta ao citar música do rapper em gravação inédita da balada que lançou em 2014. Capa do single ‘Romeo +’, de Thiago Pethit
Pedro Inoue
Resenha de single
Título: Romeo +
Artista: Thiago Pethit
Compositores: Thiago Pethit e Helio Flanders
Citações: Girassóis de Van Gogh (Baco Exu do Blues, 2018) e Tão só (Thiago Pethit, 2020)
Gravadoras: Edição independente do artista / Tratore (distribuição)
Cotação: * * * *
♪ Há seis anos, Thiago Pethit ascendeu ao seguir a trilha marginal de Rock’n’roll sugar darling (2014), álbum em que o artista paulistano cruzou o punk do grupo The Stooges com os climas de David Lynch.
No curso dessa libidinosa trilha noir, a balada Romeo – composta por Pethit com Helio Flanders – ajudou o cantor a mergulhar em universo noturno movido a sexo. Decorridos seis anos, Romeo ganha nova vida em single inédito gravado com produção musical do baixista Augusto Passos e lançado nesta sexta-feira, 20 de março, com capa criada por Pedro Inoue e o título de Romeo +.
O título se justifica porque, nessa gravação embalada por cordas e sopros orquestrados por Diogo Strauz e Augusto Passos, Pethit adiciona a Romeo a poética erótica do rapper Baco Exu do Blues. Pethit emenda Romeo com trecho (cantado pelo próprio Pethit) de Girassóis de Van Gogh, música do segundo álbum de Baco, Bluesman (2018).
A colagem soa natural porque, em sintonia com a letra de Romeo, o corpo do ser desejado é caracterizado como “um caminho sem saída” na escrita do rapper baiano. Pethit percorre com prazer esse caminho, acentuando o clima já originalmente sexy e marginal da balada de 2014 ao adotar o discurso acalorado de Baco.
Romeo + também incorpora sample de inédita música autoral de Pethit, Tão só, composta para o quarto álbum do artista, Mal dos trópicos – Queda e ascensão de Orfeu da Consolação (2019), e gravada em 2018, mas descartada na seleção final deste disco em que Pethit encarna um Orfeu tropical, gay, abandonado e sedento de sexo e sêmen nas marginais paulistanas.
Na releitura de 2020, Romeo herda a grandeza sinfônica do mais recente álbum do cantor. Naturalmente ambientado neste clima noir, iluminado de forma sombria por luzes de neon, Thiago Pethit mostra com o single Romeo + que continua no caminho certo.