Tesla retoma produção na Califórnia em meio a batalha legal com autoridades locais


Em rede social, Elon Musk, presidente-executivo da marca, disse que estará na linha de produção e que se alguém tiver de ser preso, pedirá que seja apenas ele. Pátio da fábrica da Tesla em Richmond, na Califórnia
Stephen Lam/Reuters
O presidente-executivo da montadora americana Tesla, Elon Musk, afirmou nesta segunda-feira (11) que a fabricante vai retomar a produção na fábrica do Condado de Alameda, na Califória, Estados Unidos.
A retomada da fabricação pela montadora acontece em meio a uma disputa com autoridades locais, que tentam manter as medidas de isolamento social, a fim de evitar a disseminação do coronavírus.
Em uma publicação no Twitter, Musk afirmou que estará na linha de produção e que, se alguém for preso, ele pedirá que seja apenas ele.
Initial plugin text
Segundo o jornal “The Wall Street Journal”, a montadora entrou com um processo na justiça federal no sábado (9) solicitando que um juiz autorizasse a reabertura da planta.
A Tesla alegou que o Condado de Alameda se precipitou em bloquear a retomada da operação, depois que o governador do estado, Gavin Newsom, autorizou o retorno de fábricas na última semana.