Suspeito de atropelar e matar pai de Nicki Minaj é preso


Segundo imprensa internacional, homem de 71 anos se entregou para a polícia nesta quarta-feira (17), cinco dias após acidente. Nicki Minaj posa para fotógrafos ao chegar ao Met Gala no Metropolitan Museum of Art, em Nova York, em 6 de maio
Angela Weiss/AFP
Um homem foi preso nesta quarta-feira (17) suspeito de atropelar e matar Robert Maraj, pai da rapper Nicki Minaj, de acordo com a imprensa internacional.
Segundo a polícia do condado de Nassau, Charles Polevich, de 71 anos, se entregou para a polícia cinco dias após o acidente.
De acordo com as autoridades, Minaj, de 64 anos, estava caminhando pela Roslyn Road quando foi atingido por uma caminhonete, na sexta-feira (12). O condutor, inicialmente, parou o veículo, mas deixou o local em seguida, segundo a polícia.
“Ele estava absolutamente ciente do que aconteceu”, informou o delegado, afirmando ainda que Charles Polevich ligou para o serviço de emergência para socorrer Maraj.
Robert Maraj foi levado ao hospital, mas morreu no dia seguinte, no sábado (13). A policia conseguiu rastrear o veículo através de pedaços de vídeos.
A rapper Nicki Minaj, de 38 anos, não se manifestou sobre a morte do pai.
VÍDEOS: Personalidades que morreram em 2021