SpaceX: quem são os tripulantes e o que será levado no voo que orbitará a Terra


Missão Inspiration4, a primeira a alcançar a órbita terrestre com tripulação totalmente civil terá bilionário e professora que tentou ser astronauta da Nasa. Voo transportará 30 kg de lúpulo para produzir ‘cerveja espacial’ após a viagem. Tripulação que fará voo orbital com a SpaceX
Inspiration4/John Kraus/Handout via Reuters
O primeiro voo espacial com tripulação totalmente civil a orbitar a Terra será realizado a partir desta quarta-feira (15) pela SpaceX, de Elon Musk.
Entre os quatro tripulantes da missão conhecida como Inspiration4, estão um bilionário dono de um serviço de pagamentos e uma professora que quase se tornou uma astronauta (conheça cada um deles mais abaixo).
Parte de uma iniciativa beneficente, a missão também transportará objetos que serão leiloados para arrecadar fundos para um hospital infantil. Entre os itens que serão levados ao espaço, estão 30 kg de lúpulo. O ingrediente poderá ser usado para produzir uma “cerveja espacial” após a viagem (confira ao final o que será transportado).
TEMPO REAL: SpaceX realiza primeiro voo orbital com tripulação civil
Voo orbital: entenda as diferenças da viagem da SpaceX para as de Bezos e Branson
O traje e a tripulação da missão Inspiration4, que será realizada pela SpaceX
Kayan Albertin/Arte G1
Jared Isaacman
Jared Isaacman, da missão Inspiration4
Inspiration4/John Kraus
A missão será comandada pelo bilionário Jared Isaacman, de 38 anos. Ele fundou em 1999 a Shift4 Payments, que oferece a lojistas um serviço de processamento de transações com cartão de crédito.
O empresário investiu uma soma não revelada para que o voo seja realizado. O passeio idealizado por ele tem o objetivo de aumentar a conscientização e o apoio em prol do St. Jude Children’s Research Hospital, um centro de tratamento de câncer pediátrico na cidade de Memphis, nos Estados Unidos.
Ele prometeu doar US$ 100 milhões ao instituto e espera que a viagem ajude a arrecadar outros US$ 200 milhões.
Isaacman tem certificação para pilotar vários aviões comerciais e militares. Ele fundou em 2012 a Draken International, uma academia de treinamento para pilotos da Força Aérea americana.
Apaixonado por exploração espacial, ele entrou em contato com a SpaceX depois de presenciar, em 2008, a partida de um foguete do Cazaquistão com Richard Garriott, um dos primeiros turistas a visitar a Estação Espacial Internacional. Sua vaga no voo representa “liderança”, um dos quatro pilares escolhidos na missão.
Elon Musk, Jeff Bezos, Richard Branson: os multimilionários que disputam a nova corrida espacial
Sonha em ser um turista espacial? Veja o que as empresas planejam
Hayley Arceneaux
Hayley Arceneaux, da missão Inspiration4
Inspiration4/John Kraus
A saúde dos tripulantes será acompanhada por Hayley Arceneaux, de 29 anos. Ela sobreviveu a um câncer ósseo descoberto na infância após receber tratamento no St. Jude Children’s Research Hospital.
Hayley se formou como médica assistente em 2016 e, hoje, trabalha no mesmo hospital onde foi tratada, atendendo a pacientes com leucemia e linfomas. O instituto escolheu Hayley como sua embaixadora na missão.
Segundo o site “Space.com”, Hayley teve de remover parte de um fêmur, osso localizado na região da coxa, por conta de um tumor. Hoje, ela usa uma prótese no local.
Hayley será a pessoa americana mais jovem a orbitar o planeta e a primeira pessoa com uma prótese a viajar para o espaço. Sua vaga representa “esperança”.
Chris Sembroski
Chris Sembroski, da missão Inspiration4
Inspiration4/John Kraus
O veterano da Força Aérea dos EUA, Chris Semborski, de 42 anos, ajudará no gerenciamento da carga a bordo da cápsula e na comunicação com a Terra.
Ele foi responsável pela administração de uma frota de mísseis balísticos intercontinentais e chegou a servir no Iraque, até deixar a Força Aérea americana em 2007.
Também atuou como conselheiro do Acampamento Espacial dos EUA, onde liderou missões simuladas de ônibus espaciais, e apoiou iniciativas de educação que buscam inspirar jovens a explorarem áreas como ciência, tecnologia, engenharia e matemática.
Chris se graduou em Aeronáutica Profissional e, atualmente, trabalha na fabricante de produtos aeroespaciais Lockheed Martin.
A seleção para a Inspiration4 aconteceu depois de uma doação ao hospital St. Jude. Sua vaga na nave representa “generosidade”.
Sian Proctor
Sian Proctor, da missão Inspiration4
Inspiration4/John Kraus
A geologista Sian Proctor, de 51 anos, será piloto da missão e irá auxiliar o comandante Jared Isaacman. Há mais de 20 anos, ela é professora na South Mountain Community Collega, uma faculdade em Phoenix, nos EUA.
Ela se candidatou duas vezes para se tornar astronauta da Nasa. Em 2009, chegou perto de alcançar o objetivo ao ficar entre os 12 finalistas de um processo que começou com 3.500 candidatos.
Sian é astronauta análoga, uma pessoa que realiza atividades em espaços que simulam as condições espaciais. Ela completou quatro missões análogas, incluindo um experimento de simulação de vida em Marte.
Nascida em Guam, um território dos EUA no Oceano Pacífico, ela é filha de um ex-funcionário da Nasa que trabalhava em uma estação de rastreamento na época das missões Apollo.
Depois de criar um site de vendas pela internet como parte de uma competição criada pela Shift4 Payments, Sian foi escolhida para representar “prosperidade”.
O que será levado na viagem
O bagageiro que ficará acoplado à cápsula Dragon consegue levar 6.000 kg ao espaço e retornar à Terra com 3.000 kg.
A Inspiration4 usará esse espaço para levar uma série de itens que, após a missão, serão leiloados e revertidos para o hospital St. Jude.
Além dos 30 kg de lúpulo para produzir cerveja, o voo levará uma versão inédita da música “Time in Disguise”, da banda de rock Kings of Leon e 50 obras de arte digitais.
A viagem também transportará um ukulele que será tocado no espaço, além de canetas, brinquedos, roupas e pequenos objetos. Todos os itens serão incluídos em um leilão beneficente para o hospital St. Jude.
Relembre a viagem espacial de Jeff Bezos no YouTube do G1