Sem Liniker, grupo Caramelows volta ao disco em colaboração com o cantor Edoux


O single ‘Sozinho’ apresenta música de autoria do artista baiano, gravada com o toque da banda paulista. ♪ Grupo paulista que sempre teve Liniker à frente desde que surgiu em 2015, Caramelows vem procurando outras vozes e outros caminhos desde que se dissociou da cantora e compositora em separação anunciada em fevereiro de 2020.
No ano passado, entre a edição em julho do single triplo Melows em casa, Caramelows fez colaborações com a rapper espanhola Indee Styla no single Siente el calor e com a cantora moçambicana Selma Uamusse no single Pote de cores, lançados em junho e outubro, respectivamente.
Primeiro lançamento fonográfico da banda neste ano de 2021, o single Sozinho chega ao mundo digital na sexta-feira, 12 de novembro, com a reunião do Caramelows com o cantor e compositor baiano Edoux, cujo último single, Afeminada, foi lançado em agosto. A rigor, como exposto na capa, Sozinho é single de Edoux gravado com a participação do grupo Caramelows.
Capa do single Sozinho, de Edoux com Caramelows
Azevedo Lobo
Artista que se caracteriza como “homem preto, gay, com raízes soteropolitanas”, Edoux – Eduardo Costa, na certidão de nascimento – é o autor da canção Sozinho, cujo acento black é realçado tanto pela interpretação do solista como pelo canto das backing vocals Eloiza Paixão e Estela Paixão.
Fruto da observação pelo compositor do comportamento de amigos na pandemia, a letra de Sozinho versa sobre a carência de contato humano e a dor da partida.
Gravado no estúdio Artsy Club, com produção musical dividida entre Jaguar Andrade e Rafael Barone (baixista do grupo Caramelows), o single Sozinho foi mixado por Rafaela Prestes e masterizado por Fernando Sanches.