Segundo dia do Enem 2021: como questões de pandemia podem ser abordadas em cada disciplina


Último pré-teste realizado no Banco Nacional de Itens foi realizado em 2018, portanto questões sobre Covid-19 não devem integrar o exame, mas outras epidemias podem ser cobradas. Enem 2021: como a pandemia de covid pode ser abordada em cada disciplina
Érico Andrade/g1
Os alunos inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 farão no domingo (28) a segunda prova que compõe a avaliação. Os conteúdos serão matemática e suas tecnologias e ciências da natureza e suas tecnologias.
Uma dúvida que muitos candidatos têm é se a pandemia de Covid-19 que assola o mundo há quase dois anos pode ser um dos assuntos presentes na prova.
Num primeiro momento, a resposta é não, já que o último pré-teste realizado no Banco Nacional de Itens (BNI), de onde são tiradas as questões que compõem a prova, foi feito bem antes da pandemia, em 2018, segundo representante do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
LEIA TAMBÉM:
GABARITOS EXTRAOFICIAIS DO ENEM: confira a correção das questões do Anglo e SAS
RIBEIRO SOBRE INTERFERÊNCIA NA PROVA: ‘Talvez se tivesse, algumas perguntas talvez não estariam ali’
Por baixo do portão: veja histórias de quem quase perdeu o Enem
No entanto, professores do Colégio e Curso AZ analisam que pode haver uma saída: a Covid em si não aparece na prova, mas outras epidemias e momentos históricos parecidos podem aparecer. Confira as possibilidades para cada disciplina:
Biologia
Biologia é a disciplina que melhor pode aproveitar conteúdo relacionados a vírus, mesmo não sendo o SARS-CoV-2, o causador da Covid-19. O professor Rafael Cafezeiro acredita que uma maneira de abordar o assunto é trabalhando mecanismo de ação da vacina e expressão gênica.
Veja também: pergunta que envolve citologia e coronavírus
Entenda como funciona a vacina da Pfizer
Matemática
Pode ser difícil imaginar como a pandemia poderia ser abordada em matemática, mas o professor Thiago Galrão diz que é possível. Segundo ele, algumas possibilidades que podem ser trabalhadas no Enem são questões de razão, proporção, porcentagem, análise de dados relacionados à doenças.
Veja também: como simplificar cálculos de conversão de medidas no Enem
Física
O assunto também pode ser abordado em física, em questões que têm maior histórico de incidência no Enem, de acordo com o professor Vinicius Silveira. Ondulatória, muito associada à comunicação, transmissão de dados e a acústica, é uma delas
Veja também: 5 questões sobre os temas que mais caem na prova de física no Enem
Questões sobre eletrodinâmica envolvendo consumo de energia e potência também são uma possibilidade. Dentro da mecânica, destacam-se os estudos do movimento contemplados pela cinemática e a dinâmica. Por fim, a física térmica, que faz muitas relações entre os conceitos de temperatura e calor com o cotidiano.
Cronograma do segundo dia
Abertura dos portões: 12h
Fechamento dos portões: 13h
Início das provas: 13h30
Saída sem caderno de questões: 15h30
Saída com caderno de questões: 18h
Término das provas 1º dia: 18h30
Professores debatem tema da redação do Enem 2021