Sefaz-PI divulga calendário de pagamento do IPVA 2020; 15% para cota única em janeiro


A partir do próximo ano, o estado adotará a unificação do pagamento no início do ano. Até 2019, o pagamento era feito de acordo com o final da placa do carro. Trânsito em Teresina
Lucas Pessoa/G1
A Secretaria de Fazenda do Piauí (Sefaz) divulgou o novo calendário com os valores do Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) para 2020. A partir do próximo ano, o estado adotará a unificação do pagamento no início do ano. Até 2019, o pagamento era feito de acordo com o final da placa do carro.
O calendário entra em vigor a partir de 1° de janeiro do ano de 2020 e prevê o parcelamento em até 3 vezes, com desconto de 15% para pagamento em cota única para janeiro. Com a mudança, o imposto sobre veículos automotivos passa a vencer no mês de março para todos os contribuintes.
De acordo com as novas regras, o contribuinte poderá antecipar o pagamento da cota única para os meses de janeiro e fevereiro, se assim preferir. Quem optar por pagar no primeiro mês do ano terá um desconto de 15%. Em fevereiro o abatimento na cota única será de 10%. Quem quiser deixar para pagar só em março a cota única, o desconto será de 5%.
Calendário de pagamento IPVA 2020 no Piauí
Divulgação/Sefaz-PI
Ainda segundo o novo calendário, o pagamento do IPVA em três cotas só pode ser feito a partir de março. A primeira cota vence no dia 31, último dia útil de março. As seguintes no dia 30 de abril e 29 de maio. Quem optar pelo pagamento em três cotas não terá direito ao desconto.
Outros estados já adotam unificaram o pagamento no início do ano, como Minas Gerais, São Paulo, Alagoas, Amazonas, Ceará, Goiás, Pará, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins.
Atraso nas parcelas
Caso o proprietário do veículo atrase o pagamento das cotas, ele pode quitar as parcelas com acréscimo de multa e juros moratórios calculados a partir do vencimento das mesmas. A consulta dos valores por modelo de veículo poderá feita no portal da Sefaz na internet e também no site do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).
A alíquota de automóveis é 2,5%, sendo 3% para automóveis com valor acima de 150 mil; 2% para motos e 1% para ônibus e caminhões.