Saiba as complicações da doença que matou Ruth de Souza, aos 98 anos

A atriz Ruth de Souza faleceu ontem (28) aos 98 anos no Rio de Janeiro (RJ). Ela tratava uma pneumonia no Centro de Tratamento Intensivo desde a última segunda-feira (22).

Ruth interpretou papéis no teatro e no cinema, e se consagrou como a primeira atriz negra a se apresentar no Teatro Municipal do Rio, além de ser a primeira brasileira indicada a um prêmio internacional de cinema (Festival de Veneza de 1954).

Pneumonia mata?

A doença que levou Ruth de Souza a falecer foi a pneumonia. A condição é uma infecção que se instala nos pulmões, podendo acometer a região dos alvéolos pulmonares. Ela pode ser grave principalmente porque atinge um órgão vital, responsável pela nossa respiração.

O tratamento da pneumonia costuma ser feito com antibióticos para conter as bactérias que atingiram o pulmão. A melhora costuma ocorrer em três ou quatro dias.

No entanto, há a chance de acontecer algumas complicações que tornam o quadro mais grave, principalmente em pessoas com o corpo já debilitado, como idosos. Essas complicações podem levar à morte. Saiba quais consequências possíveis da pneumonia:

Bactérias na corrente sanguínea (bacteremia): As bactérias que entram na corrente sanguínea de seus pulmões podem espalhar a infecção para outros órgãos, potencialmente causando insuficiência orgânica
Dificuldade ao respirar: Se sua pneumonia é grave ou você tem doenças pulmonares subjacentes crônicas, você pode ter problemas para respirar com oxigênio suficiente. Talvez seja necessário hospitalizar e usar uma máquina respiratória (ventilador) enquanto o pulmão cura
Acúmulo de líquidos em torno dos pulmões (derrame pleural): A pneumonia pode fazer com que o líquido se acumule no espaço fino entre as camadas de tecido que alinham os pulmões e a cavidade torácica (pleura). Se o fluido se infectar, você precisará drená-lo através de um tubo de tórax ou removido com cirurgia
Abscesso pulmonar: Um abscesso ocorre se pus se forma em uma cavidade no pulmão. Um abscesso geralmente é tratado com antibióticos. Às vezes, a cirurgia ou drenagem com uma agulha longa ou tubo colocado no abscesso é necessária para remover o pus.

Afastando problemas respiratórios

13 dicas que funcionam de verdade para evitar problemas respiratórios

Poluição e frio aumentam o risco de doenças respiratórias 

Espirometria: conheça o exame detecta doenças respiratórias