Sacrifix, 11ª banda do guitarrista Frank Gasparotto, lança primeiro álbum em março


Trio paulistano persegue no disco ‘World decay 19′ a sonoridade tradicional do thrash metal em repertório que inclui tema do grupo inglês Angel Witch entre músicas inéditas. ♪ Cantor e multi-instrumentista que transita na cena paulistana de metal desde 1994, já tendo passado por nada menos do que dez bandas, Frank Gasparotto integra atualmente um 11º grupo de rock pesado, Sacrifix, trio de thrash metal fundado em 2020 pelo guitarrista e vocalista com o baterista Gustavo Piza e o baixista Keko.
Após o single de estreia, intitulado Sacrifix e editado no ano passado, o trio se prepara para lançar em março o primeiro álbum, World decay 19. Com capa assinada pelo ilustrador e designer Márcio Aranha, o disco foi gravado no North Greenhouse Studios, na cidade de São Paulo (SP), com produção musical assinada pelo próprio Gasparotto.
A mixagem do álbum foi feita pelo produtor Marco Nunes. A intenção foi fazer disco com sonoridade calcada no tradicional thrash metal, ecoando influências de bandas como Megadeth e Slayer.
Entre músicas inéditas compostas em inglês como Escape, Let him die, Living hell e Pain, o repertório do álbum World decay 19 inclui regravação de Evil games (Kevin Heybourne, 1985), tema do do repertório da banda britânica Angel Witch, lançado no segundo álbum dos metaleiros ingleses, Screamin’ and bleedin’ (1985).
♪ Eis, em ordem cronológica, as dez bandas por onde Frank Gasparotto passou até fundar o trio Sacrifix em 2020:
1. Agressive Assault – bateria (1994)
2. Jack Knife – guitarra e voz (1998)
3. Infamous Glory – bateria (2002)
4. Maniac – guitarra e voz (2003)
5. Anthares – voz (2004)
6. Goatlove – baixo (2010)
7. Kamboja – baixo (2012)
8. Atroz – baixo (2016)
9. Masmorra – guitarra (2016)
10. Spiritual Hate – baixo (2016)