Ruthie Tompson, artista ‘lendária’ da Disney, morre aos 111 anos


Americana trabalhou ao longo de 40 anos no estúdio em animações como ‘Branca de Neve e os sete anões’ e foi homenageada como uma ‘lenda da Disney’ pela empresa. Ruthie Tompson
Divulgação/Walt Disney Company
Ruthie Tompson, artista considerada lendária na Disney, morreu neste domingo (10) aos 111 anos. De acordo com o estúdio, onde ela trabalhou ao longo de 40 anos, ela morreu pacificamente enquanto dormia.
“Ruthie era uma lenda entre os animadores e suas contribuições criativas para a Disney — de ‘Branca de Neve e os sete anões’ (1937) a ‘Bernardo e Bianca’ (1977) — permanecem clássicos amados até hoje”, afirmou o presidente executivo da empresa, Bob Iger, em comunicado.
“Enquanto vamos sentir falta de seu sorriso e senso de humor maravilhoso, seu trabalho excepcional e seu espírito pioneiro vão ser para sempre uma inspiração para todos nós.”
Além de ser uma das três primeiras mulheres convidadas a integrar o sindicato internacional de Fotografia em 1952, ela foi a funcionária do estúdio com o maior histórico de trabalho com Walt e Roy O. Disney. Por isso, foi reconhecida pela empresa como uma “Lenda Disney” em 2000.