Rolling Stones fazem primeiro show após morte de Charlie Watts e homenageiam baterista; veja


Shows já estavam marcados com baterista substituto quando Charlie Watts anunciou cirurgia. Após morte do músico, promoter banda confirmou 13 shows entre setembro e novembro. Rolling Stones homenageiam Charlie Watts
Os Rolling Stones fizeram o primeiro show da banda após a morte de Charlie Watts na noite desta terça-feira (21), em Foxboro, Massachusetts, nos EUA. Foi uma apresentação fechada para convidados.
Mick Jagger divulgou um trecho do show (veja vídeo acima) em que eles fazem uma homenagem ao baterista: “É nossa primeira turnê em 59 anos que fazemos sem nosso amado Charlie Watts. Todos vamos sentir tanto a falta de Charlie, como banda, como amigos”, ele diz.
“Temos tantas memórias de Charlie, e sei que todos vocês que já nos viram têm memórias dele também. E eu espero que se lembrem dele como nós. Então queria dedicar esse show ao Charlie”, completa Mick Jagger. Ron Wood diz: “Charlie, estamos rezando para você e tocando para você”
O show fechado foi um aquecimento para seguir com a turnê “No Filter”, entre setembro e novembro nos EUA, com o baterista Steve Jordan no lugar de Charlie Watts.
A empresa que promove os shows da banda, Concerts West, confirmou que as 13 datas da turnê americana estão mantidas. O primeiro show aberto ao público, após a estreia para convidados, será no dia 26 de setembro em St. Louis.
No dia 5 de agosto de 2021, a banda comunicou que Watts passaria por uma cirurgia e que seria substiuído por Steve Jordan nos shows.
Steve Jordan é parceiro antigo dos músicos dos Rolling Stones e fez parte do X-Pensive Winos, grupo de Keith Richards, desde os anos 80.
Charlie Watts, baterista do Rolling Stones, morre aos 80 anos
Charlie Watts ao lado de Steve Jordan, baterista que vai tocar na turnê dos Rolling Stones
Instagram / Steve Jordan