Robôs modulares pulam, giram e se comunicam entre si

O MIT, Instituto de
Tecnologia de Massachusetts, nos EUA, criou em seu laboratório de
inteligência artificial robôs em formatos de cubos que podem se autocontrolar, girar e pular


*Estagiária do R7, sob
supervisão de Pablo Marques 

Os pequenos robôs cubo, identificados como M-blocks 2.0, funcionam de modo autônomo e são capazes de se
mover, se comunicar e se coordenar entre si para se automontarem

Para realizar essas ações, o laboratório do MIT inseriu dentro de cada M-block um sistema de direção que é capaz de realizar 20 mil rotações por minuto. E em cada extremidade do cubo, há ímãs que permitem que os robôs se fixem um ao outro 

Os 16 blocos
robotizados se comunicam através de um sistema que funciona a partir de um código
de barras exclusivo, que possibilita a comunicação entre si 

Com isso, o
sistema de comunicação e a capacidade de se movimentar possibilitam que os
androides ajudem em tarefas simples, como a produção de várias estruturas e até
seguir setas ou sinais de luz 

Os pesquisadores do
MIT identificaram o comportamento dos robôs como algo semelhante a uma colmeia,
abrigo construído por abelhas, para explicar como ocorre o auto-encaixe 

As habilidades dos
robôs cubos ainda são limitadas, mas os pesquisadores do MIT planejam que uma
versão maior e melhorada desse sistema possa ser desenvolvido para que possam criar
estruturas como pontes, rampas e até escadas para uso em algum desastre ou
cenário de resgate