Revolucionário e genial: quem foi Letieres Leite, parceiro de Caetano e Ivete e que levou o Universo Percussivo Baiano para o mundo


Artista morreu nesta quarta-feira (27) em Salvador aos 61 anos. O maestro Letieres Leite morreu nesta quarta aos 61 anos
Fernando Eduardo/Divulgação
A Bahia, que se orgulha em cada esquina por ser a terra de gênios da cultura, recolheu seus atabaques nesta quarta-feira (27) para lamentar a morte precoce do maestro e multi-instrumentista Letieres Leite. O arranjador de 61 anos morreu em casa, em Salvador.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Ao longo da carreira, Letieres fez parceria com artistas como Gilberto Gil, Caetano Veloso, Ivete Sangalo, Carlinhos Brown, Olodum, Ilê Aiyê, Nara Couto, Larissa Luz, Cascadura e outros. A lista infinda mostra o tamanho da importância de Letieres Leite para a música brasileira.
Filho de Xangô, orixá da Justiça, Letieres Leite nasceu em 8 de dezembro de 1959. A data é o dia de uma das mais tradicionais festas populares da Bahia, a Festa de Nossa Senhora da Conceição da Praia, padroeira do estado. A relação talvez explique a paixão do maestro em fazer do popular algo sagrado.
REPERCUSSÃO: Ivete Sangalo, Daniela Mercury e Carlinhos Brown lamentam a morte de Letieres
Morre músico Letieres Leite, maestro da Orquestra Rumpilezz e autor de arranjos de artistas como Ivete e Bethânia
Ivete Sangalo se despede de Letieres Leite, autor de arranjos de hits de sucesso: ‘Talento é poderoso demais’
Letieres já carregava no nome o diferencial. Foi batizado apenas com sobrenomes. Um dos oito filhos de Maria do Carmo dos Santos Leite e Antônio Letieres Leite, o menino de 11 anos, estudante do Colégio Estadual Severino Vieira encontrou a música na escola. Em 1970 passou a integrar a orquestra afro-brasileira do colégio.
[em atualização]
Veja mais notícias do estado no g1 Bahia.
Assista aos vídeos do g1 e TV Bahia
Ouça ‘Eu te explico’ 🎙