Renault paralisa produção em fábrica de São José dos Pinhais por causa da pandemia da Covid-19


Serviços na fábrica do Paraná serão suspensos na segunda-feira (29) e, devido ao feriado, retomam somente no dia 5 de abril; cerca de 5 mil funcionários devem parar. Fábrica da Renault em São José dos Pinhais, no Paraná
Divulgação
A Renault informou, nesta quinta-feira (25), que irá suspender a produção na fábrica de São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, a partir de segunda-feira (29), por causa da pandemia da Covid-19.
Em nota, a empresa informou que vai paralisar a produção até quinta-feira (1º), mas, devido ao feriado do dia seguinte, sexta-feira (2), os trabalhadores só devem voltar ao trabalho em 5 de abril.
A decisão atinge cerca de 5 mil funcionários. Os dias não trabalhados, de acordo com a fábrica, “serão compensados oportunamente”.
CORONAVÍRUS NO PARANÁ: Veja as principais notícias
ACOMPANHE: Média móvel de mortes e casos no estado
VACINAÇÃO NO PARANÁ: Veja perguntas e respostas
Ainda conforme a empresa, somente as atividades essenciais da fábrica, como a manutenção de fornos de fundição de alumínio, linhas de vapor e ar comprimido, que precisam continuar funcionando, serão mantidas.
O objetivo, de acordo com a Renault, é contribuir com o isolamento social. A decisão foi alinhada com o Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba, que já havia solicitado medidas como esta.
Trabalhadores do setor administrativo devem continuar em home office. A empresa informou que, desde maio de 2020, trabalha com um protocolo de saúde e segurança, contra o coronavírus, nas unidades.
Renault paralisa produção em fábrica de São José dos Pinhais por causa da pandemia da Covid-19
Divulgação
VÍDEOS: Mais assistidos do G1 PR nos últimos 7 dias
Veja mais notícias do estado no G1 Paraná.