Renault lança minivan que leva até 7 pessoas, é baseada no Kwid, mas é menor que um Sandero


Triber foi mostrado na Índia, onde começa a ser vendido no segundo semestre. Modelo pode chegar ao Brasil, onde tem chances de ser a minivan mais barata. Renault Triber
Divulgação
A Renault mostrou nesta quarta-feira (19) um modelo inédito na Índia. É o Triber, uma minivan que leva até 7 pessoas, mas que é menor do que um Sandero – e tem como base o pequenino Kwid.
Apesar de o Triber ter sido pensado e desenvolvido para a Índia, há chances de ele ser oferecido em outros mercados fora da Europa, como a América Latina. Atualmente, o veículo para 7 pessoas mais barato do país é a Chevrolet Spin, que não sai por menos de R$ 84.390.
Minivan para 7 pessoas? Veja como anda a Chevrolet Spin
Caso realmente chegue por aqui, a minivan até pode ser uma opção mais em conta. Isso porque seu porte também é menor. A Renault promete levar 7 pessoas em uma carroceria que tem apenas 3,99 metros de comprimento – porte semelhante ao de um Chevrolet Onix.
Como comparação, a Spin mede 4,41 m. Isso acontece porque a Índia tributa seus veículos de acordo com o porte. E uma das faixas mais baixas vai até 4 metros.
Espaço surpreende
Corte lateral do Renault Triber, que leva até 7 pessoas
Divulgação
Ainda assim, a Renault promete espaço razoável para todos, com um entre-eixos de 2,64 m, 2 cm a mais do que a minivan da Chevrolet. Ainda assim, a capacidade do porta-malas é razoável.
Ela pode ser de 625 litros, quando os bancos estão recolhidos, 320 litros, com apenas um dos bancos da terceira fileira montado, e de parcos 84 litros, quando o veículo é configurado para levar 7 pessoas.
O desempenho, no entanto, deve ser inversamente proporcional ao espaço. Inicialmente, o Triber terá um 1.0 de 3 cilindros movido a gasolina. A potência é de 72 cavalos, com 9,8 kgfm de torque. O câmbio pode ser manual ou automatizado, sempre de 5 marchas.
Interior do Renault Triber
Divulgação
Ao contrário da simplicidade do Kwid, o Triber promete um interior caprichado. A minivan promete quadro de instrumentos digital, acesso por cartão presencial, partida por botão e central multimídia de 8 polegadas. Além disso, todas as fileiras têm saídas de ventilação.
Também há opção de câmera e sensores de ré e airbags frontais e laterais.
O desenho também é mais sofisticado do que no subcompacto. Há faróis com assinatura de LED, além de detalhes cromados na grade e moldura das luzes de neblina. Na traseira, os traços até lembram os Renault europeus.
O Triber será produzido na fábrica de Chennai. As vendas, na Índia, começam no segundo semestre deste ano.
Renault Triber
Divulgação