Renault Captur ganha série especial Bose a partir de R$ 95.990


Edição limitada inclui sistema de som mais sofisticado e potente, e nova combinação de cores para a carroceria. Motor pode ser 1.6 ou 2.0, sempre com transmissão automática. Renault Captur Bose
Divulgação/Renault
O Renault Captur chegou à linha 2020 acompanhado da série limitada Bose, equipada com sistema de som da marca americana. Disponível em duas versões diferentes, parte de R$ 95.990 com motor 1.6 e R$ 96.990 com motor 2.0.
Como destaque, o modelo é equipado com sistema de som Bose com subwoofer no porta-malas (sem diminuir a capacidade do compartimento), amplificador digital de 7 canais, tweeters no painel e alto-falantes nas portas dianteiras e traseiras.
A série especial também estreia uma nova combinação de pintura em dois tons com a carroceria cinza e o teto prata. Há também outras opções, com carroceria em preto e teto prata, branco com teto preto e vermelho com teto preto.
Renault Captur Bose
Divulgação/Renault
Além do sistema de som, a lista de equipamentos inclui central multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, câmera de ré, ar-condicionado automático, alarme, chave presencial, faróis de neblina, luzes diurnas de LEDs, piloto automático, sensor de chuva, bancos de couro e rodas aro 17.
Entre os itens de segurança há assistente de partida em rampas, controles eletrônicos de estabilidade e tração, freios ABS, sistema de ancoragem de cadeirinhas infantis (Isofix) e 4 airbags (frontais e laterais).
O Captur Bose pode ser equipado com motor 1.6 e câmbio automático CVT por R$ 95.990, ou com motor 2.0 e câmbio automático de 4 marchas, por R$ 96.990.
Renault Captur Bose
Divulgação/Renault