Presidente da Microsoft disse que tentativa de comprar TikTok foi ‘a coisa mais estranha’ em que trabalhou


Gigante da tecnologia negociou com aplicativo chinês em agosto de 2020, em meio a pressão do ex-presidente dos EUA Donald Trump pela proibição da rede social no país. Satya Nadella, CEO da Microsoft, em 27 de fevereiro de 2019
Tobias SCHWARZ/AFP
O presidente-executivo da Microsoft, Satya Nadella, disse na última segunda-feira (27) que a tentativa de adquirir o aplicativo TikTok foi “a coisa mais estranha” em que trabalhou em sua carreira.
A fala ocorreu durante o evento de tecnologia Code Conference, que acontece na Califórnia, nos Estados Unidos.
SAIBA MAIS:
TikTok atinge a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês
Windows 11 será lançado no dia 5 de outubro; PCs poderão fazer atualização gratuita
O executivo afirmou que a Microsoft não procurou o aplicativo, mas o contrário – as tratativas aconteceram em agosto de 2020, quando o TikTok procurava um parceiro comercial nos EUA após o ex-presidente Donald Trump ameaçar proibi-los no país caso as operações não fossem vendidas para uma empresa local.
O negócio não avançou e outra empresa de tecnologia, a Oracle, foi escolhida como parceira do TikTok – apesar disso, o controle do aplicativo continua com a empresa chinesa ByteDance, já que o atual presidente dos EUA, Joe Biden, revogou as ordens emitidas por Trump.
Nadella disse que o governo dos EUA pareceu perder o interesse em forçar o negócio.
“Acho que o presidente Trump tinha um ponto de vista particular sobre o que ele estava tentando fazer lá”, disse o executivo.
“Então eu simplesmente desisti. Foi interessante. Houve um período de tempo em que senti que o governo tinha alguns requisitos particulares, e então eles simplesmente desapareceram”, completou.
O chefe da Microsoft afirmou que a companhia era uma candidata experiente para assumir o TikTok, já que possui conhecimento com moderação de conteúdo com o LinkedIn e o Xbox Live, comunidade on-line do videogame da empresa.
Perguntado se ainda tinha interesse em comprar o aplicativo de vídeos curtos, Nadella preferiu não comentar e disse “estar feliz” com o que tem. Nesta semana, o TikTok anunciou ter alcançado a marca de 1 bilhão de usuários ativos por mês.
Conheça o TikTok:
TikTok: o aplicativo chinês que conquistou milhões de usuários