Porsche lança 911 ‘básico’ com 385 cavalos


Novo Carrera traz motor boxer 3.0 biturbo 15 cv mais potente do que na geração anterior. Preço será mais baixo do que os R$ 679 mil do que o Carrera S. Porsche 911 Carrera
Divulgação
A Porsche lançou nesta segunda-feira (29) o novo 911 Carrera. Esta é a versão de entrada do esportivo, e chega meses depois da configuração Carrera S, já à venda no Brasil, e avaliada pelo G1. Ela está disponível nas carrocerias cupê e conversível.
O 911 Carrera traz motor boxer de 6 cilindros 3.0 biturbo de 385 cavalos. São 15 cv a mais do que na geração anterior, e 65 cv a menos do que a opção Carrera S, de 450 cv. O câmbio é de dupla embreagem e 8 marchas.
Veja 60 carros esperados para o Brasil até o fim do ano
Porsche 911 Carrera
Divulgação
Com este conjunto, o Carrera acelera de 0 a 100 km/h em 4 segundos. Com o opcional Sport Chrono, o tempo cai para 3,8 segundos. Ele é só 0,3 s mais lento do que a versão mais potente, e 0,2 s mais veloz do que a geração anterior.
A velocidade máxima é de 293 km/h para o cupê e 290 km/h para o Cabriolet.
A partir de agora, o sistema chamado PASM passa a ser item de série no 911 Carrera. Com ele, o condutor pode escolher entre os modos Normal e Sport. Também há o chamado Wet Mode, que analisa condições climáticas, e prepara o veículo para piso molhado, inclusive prevendo aumento ou redução da quantidade de água na pista.
Porsche 911 Carrera
Divulgação
Nesta versão, as rodas são de 19 polegadas na dianteira e 20 na traseira. Além disso, a única diferença visual para o Carrera S são as saídas de escape, mais simples na opção de entrada.
O 911 Carrera deve chegar ao Brasil no final do ano. Seus preços ainda não foram definidos, mas ficarão abaixo dos R$ 679 mil que a Porsche cobra pelo Carrera S.