Polícia Federal apreende mais de 2 mil metros cúbicos de toras de madeiras nativas do bioma amazônico


Carga com documento irregular estava em uma balsa encalhada no Rio Mamuru, na região de Parintins. Polícia Federal apreende mais de 2 mil metros cúbicos de madeira nativas do bioma amazônico
Polícia Federal
A Polícia Federal apreendeu no domingo (15) uma balsa contendo 2.700 metros cúbicos de madeira em toras nativas do bioma amazônico, que ficou encalhada no Rio Mamuru, na região de Parintins, interior do Amazonas. O valor declarado da carga foi de aproximadamente R$ 550 mil.
De acordo com a polícia, a carga havia sido declarada como sendo originária do município de Juruti, no Pará, e estava sendo escoada por rios amazônicos.
A Polícia Federal informou que as equipes de fiscalização constaram que as espécies florestais da carga de madeira não correspondiam às informações declaradas nas Guias Florestais (GFs). “As guias eram inválidas nos termos da legislação que disciplina o transporte florestal”, informou.
Além da balsa e da carga, os policiais federais apreenderam os documentos da tripulação e do comandante, que serão analisados na apuração de possíveis responsabilidades por crimes ambientais.