Peugeot registra novo 208 no Brasil; modelo chega em 2020


Imagens divulgadas pelo INPI mostram diferentes versões do hatch. Configuração mais cara tem leds e saída dupla de escape, enquanto a mais simples tem calotas. Peugeot 208 registrado no INPI
Reprodução/Inpi
A Peugeot confirmou recentemente que a nova geração do 208 chega ao Brasil em 2020. Por seu lançamento já próximo, o modelo apareceu em registros do INPI, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial, divulgados nesta terça-feira (10).
As imagens, que mostram tanto o carro inteiro, como algumas peças específicas, revelam alguns detalhes sobre o 208 que será importado da Argentina. O visual é exatamente o mesmo do vendido na Europa.
Registros no INPI mostram versões mais sofisticadas (esquerda) e simples (direita)
Reprodução/INPI
Segundo os registros, o modelo poderá ter versões mais simples, com faróis e lanternas iluminados por lâmpadas halogenas, rodas menores e sem a faixa de led que desce pelo para-choque, e mais sofisticadas, com leds (inclusive nos faróis), rodas maiores e teto solar panorâmico.
As motorizações seguem em segredo, mas o modelo aparentemente topo de linha das imagens apresenta uma saída dupla de escape, apontando a presença de uma motorização mais potente — possivelmente turbo.
Configuração topo do 208 (esquerda) tem saída dupla de escape e aerofólio; modelo mais simples (direita) tem lâmpadas comuns
Reprodução/INPI
Confirmado
De acordo com comunicado da presidente da marca no país, Ana Theresa Borsari, a nova geração do hatch começará a ser produzida no país vizinho em 2020 e chegará logo após ao mercado brasileiro.
O modelo será parte do plano da Peugeot batizado de “Virada Brasil”, que promete uma gama mais moderna de produtos. “O Novo 208 representará uma ruptura no segmento hatch no mercado nacional”, disse Ana Theresa.
A marca ainda não revelou quais as versões e motorizações serão comercializadas por aqui. Na Europa, o novo 208 pode ser equipado com motores 1.2 a gasolina com três variantes diferentes (75, 100 e 130 cavalos) e 1.5 a diesel. Há também uma versão 100% elétrica, com até 450 km de autonomia.
Para o Brasil, é provável que o compacto utilize ao menos uma das opções para o 1.2, que pode ser aspirado ou turbinado.
Veja imagens do Peugeot 208
Peugeot 208
Divulgação/Peugeot
Peugeot 208
Divulgação/Peugeot
Peugeot 208
Divulgação/Peugeot
Peugeot e-208
Divulgação/Peugeot
Peugeot 208
Divulgação/Peugeot