Pedro Miranda lança o quarto álbum solo, ‘Da Gávea para o mundo’, e documenta roda de samba


♪ Gravado em fevereiro, em estúdio da cidade do Rio de Janeiro (RJ), o quarto álbum solo de Pedro Miranda, Da Gávea para o mundo, tem lançamento programado para 26 de março pela gravadora Biscoito Fino.
Criada com arte de Emilio Rangel Carneiro, a capa do disco expõe o artista carioca em foto de Pepe Schettino. Trata-se do primeiro álbum autoral desse cantor, compositor e percussionista projetado no fim dos anos 1990 como integrante do Grupo Semente, então uma das mais concorridas atrações das casas de samba do bairro carioca da Lapa.
Sucessor de Samba original (2016) na discografia solo de Pedro Miranda, o álbum Da Gávea para o mundo traz na ficha técnica o nome do pianista Cristovão Bastos como arranjador.
O título Da Gávea para o mundo cita o bairro da zona sul da cidade do Rio de Janeiro (RJ) onde Miranda criou, em junho de 2017, a roda de samba intitulada Samba da Gávea e onde também idealizou – em junho de 2018 – o Forró da Gávea, atração das quartas-feiras na era pré-pandemia.
Aliás, integrantes do Forró da Gávea participam do disco. Já a roda de samba das segundas-feiras é tema do documentário intitulado Samba da Gávea – Prendi meu coração nesse lugar e programado para ser exibido, de 20 a 22 de março, no canal oficial do Samba da Gávea no YouTube.
O filme documenta a roda de samba – momentaneamente interrompida por causa da pandemia – com imagens de arquivos e com depoimentos de integrantes como Alfredo Del-Penho, João Cavalcanti, Paulino Dias e Thiago da Serrinha, além obviamente do criador Pedro Miranda.
Pedro Miranda lança em 26 de março o primeiro álbum solo com repertório autoral
Pepe Schettino